26 de outubro de 2009

Que é isso que guarda na sacristia Sr. Padre? São armas, meu filho, são armas




Uma notícia perfeitamente hilariante. Eu arriscaria divinal!! Perceberam o trocadilho nada subtil?


O pároco de Covas de Barroso, Boticas, Vila Real, foi detido, no final da eucaristia matinal, acusado de tráfico de armas.


Quando a GNR de Chaves realizou uma busca na residência do pároco, deparou-se com um verdadeiro arsenal bélico.


Os populares confirmam que o detido, de 74 anos de idade, é um homem agressivo, violento até, e que era há muito conhecido o seu gosto por armas.


Mas não era para caçar pardais, e não era de fisgas, que o padre Fernando Guerra gostava!


Armas e explosivos faziam mais o seu género, ele que é suspeito de ser o líder de um grupo que se dedicava ao tráfico de armas. (a notícia aqui via Correio da Manhã http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentID=C4F01071-A416-42B6-9193-5C8CB560DEA2&channelID=00000010-0000-0000-0000-000000000010).


E agora digam-me que Portugal não é um país divertido, que é uma sensaboria.


As fontes do Devaneios garantem que o padre Fernando Guerra, quando foi interceptado pela GNR na sacristia da igreja, vestia um poncho, usava chapéu, tinha uma cigarrilha pendurada ao canto da boca, e repetia, na direcção de uma fotografia de José Saramago pendurada na parede - Go ahead! Make my day! (Fernando Guerra sempre misturou o Clint Eastwood de " Dirty Harry" e de " The Good, the Bad and the Ugly")




1 comentário: