30 de outubro de 2009

Ficar para tia


Parece ser esta a triste sina do PSD.
O partido procura um líder credível, e, descaradamente, atira-se ao colo de Paulo Rangel e de Marcelo Rebelo de Sousa.
Já não há vergonha!
Ainda casado com Manuela Ferreira Leite, que anda a fazer figura de "corno manso" de tão caladinha que está, o PSD insinua-se a Marcelo e a Paulo Rangel.
Marcelo diz que não vai para o ringue.
Ainda se fosse para o Palácio de Belém......
Paulo Rangel diz que é fiel a Bruxelas.
Descansadinho em Bruxelas, e queriam que o rapaz se fosse meter naquele saco de gatos!
É quase um insulto à inteligência do fulano.
Paulo Rangel, que tem um futuro político brilhante à sua frente, apesar de estar em Bruxelas, ainda não se esqueceu do "Zé Povinho" de Bordalo Pinheiro.
E lá fez um manguito.
E a "moça casadoira" que é o PSD continua ali abandonada.
Sabe-se que se vai divorciar, que tem um pretendente (Pedro Passos Coelho chega a meter dó...), mas ainda não apareceu aquela paixão arrebatadora, a química irrestível, a atracção fatal.
Não há nenhum militante do partido a precisar de fazer a rodagem do carro?

Talvez não seja má ideia procurar averiguar essa possibilidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário