Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Um 4 de Junho pandémico

Pela primeira vez em trinta e um anos o 4 de Junho não terá vigílias no Largo de Senado em Macau e em Victoria Park em Hong Kong. Prevenção pandémica, afirmam as autoridades do dois lados do Delta do Rio das Pérolas. Opressão, clamam os organizadores das vigílias. Antes de agitar fantasmas é de todo aconselhável procurar os factos, o que não deixa lugar a opiniões nem pode ser desmentido. O 4 de Junho de 1989 não pode ser apagado do calendário e os acontecimentos da Praça Tienanmen não podem ser varridos para debaixo do tapete da História. Durante trinta e um anos Macau e Hong Kong foram os dois locais em toda na China em que se podia abertamente falar e recordar o que aconteceu no dia 4 de Junho em Tienanmen. Este ano isso não vai acontecer. Porque estamos a viver um cenário pandémico e o bem último a proteger é a saúde e o bem estar das populações, justificam as autoridades da duas Regiões Administrativas Especiais. Limitação da liberdade das pessoas? Obviamente que sim. A questão é saber se …

Mensagens mais recentes

Intemporais (207)

Procurar sarna para se coçar

Digam olá ao Oscar (o que tem o colar até debelar uma infecção num olho) e à Monica

Karma is a bitch

A Torre de Babel e o Pentecostes (Anselmo Borges, Padre e Professor de Filosofia)

In Trump we trust

Trump e o Twitter

Vamos falar de Hong Kong?

Intemporais (206)

Morreu uma parte de Macau