13 de janeiro de 2010

Roxxxy não é uma boneca insuflável


Em Las Vegas, por ocasião da Adult Entertainment Expo, foi formalmente apresentada a primeira companheira/amante criada pelo universo da robótica.
Os japoneses, que costumam ser pioneiros nesta área, foram neste caso ultrapassados pelos americanos, em concreto pela empresa True Companion.
Esta empresa americana acaba de dar a conhecer a Roxxxy, assim mesmo, com três xis que é para transmitir mais a sensação de pecado ao utilizador, descrita como uma companheira que pode fazer tudo menos cozinhar e aspirar.
A FoxNews, que gosta de ir directa ao assunto, apelida o brinquedo de robot sexual e dá a conhecer as medidas do mesmo (aqui http://www.foxnews.com/scitech/2010/01/11/worlds-life-size-robot-girlfriend/) .
A pobre da Roxxxy ainda agora foi apresentada e já estão a violar a sua intimidade!
Não sei como é que serão as expressões de prazer da Roxxxy.
E não, não vou fazer comparações fáceis com outras expressões de prazer que estão muito em voga por estes dias.
Só quero deixar uma dúvida - Será que também fuma um cigarro no fim?
Mas é um brinquedo caro.
E pensar que há gente que anda a desenvolver este "projecto" desde 1993, ano em que foi apresentada a Trudy!
Mas a Trudy não era "user friendly".
Qual será exactamente o significado de "user friendly" neste contexto?
Será que a Trudy também tinha dores de cabeça frequentemente?!

Sem comentários:

Enviar um comentário