20 de janeiro de 2010

O enigma Viva Macau


Os 200 milhões de patacas de empréstimo à Viva Macau já estão a dar resultado.
Notícia da edição de hoje do "Ponto Final":

"A Viva Macau anunciou ontem que vai passar a ligar a RAEM e a capital do Vietname. Os voos irão começar a funcionar a partir de 13 de Fevereiro, com uma frequência trissemanal.
(...) A Viva Macau, que já voa para Saigão desde 2007, apresentou há uns dias os seus resultados anuais. Segundo a companhia, em 2009 registou-se um 'forte crescimento do volume de passageiros' consubstanciado em aumentos percentuais de 28% nos voos para Jacarta, 64% nas ligações a Ho Chi Minh City, e 73% no caso de Tóquio."

Estou cofuso.
Não era esta a empresa que, ainda no início desta semana, tinha prejuízos diários de um milhão de patacas, tudo por causa da crise financeira internacional, que precisou de um empréstimo de 200 milhões de patacas do Governo de Macau para sobreviver?
Estava capaz de jurar que sim.
Então e, a meio da semana, já tem este crescimento de passageiros, alarga as suas rotas, faz promoções?
Os 200 milhões revelaram-se um fármaco de uma eficácia brutal!
E de uma rapidez inacreditável!
A "doença" de que padecia a Viva Macau foi debelada mais rapidamente que a mais vulgar das constipações.
Viva Macau!

Sem comentários:

Enviar um comentário