26 de fevereiro de 2010

Grandes filmes, grandes músicas (22)

Se The Silence of the Lambs é um filme excepcional, que impressiona e incomoda quem o vê, Dead Ringers, de David Cronenberg, sem ser um filme excepcional, foi o filme que mais me agitou quando o visionei.
Não conseguia estar quieto na cadeira, metia-me impressão o que se passava no ecrã, assustava-me o que nos era mostrado (aquela paóplia de instrumentos ginecológicos é horrorosa!), estava ansioso como que viria em seguida.
Uma realização perturbante de David Cronenberg, brilhantemente interpretada por um dos meus actores favoritos - Jeremy Irons.
A dupla personalidade dos "gémeos" que consegue passar para a tela é fantástica.
O contraste com a beleza e serenidade de Geneviève Bujold funcionou extraordinariamente bem.

A banda sonora, de Howard Shore, sem ser nada de excepcional, funciona e integra-se muito bem na atmosfera do filme.
O trailer do filme aqui:




O final aqui:

Sem comentários:

Enviar um comentário