17 de maio de 2010

Mourinho campeão em Itália e Barça campeão em Espanha

O fenómeno Mourinho continua a varrer o mundo do futebol.
O Inter conseguiu ontem o penta, juntou o campeonato à Taça de Itália, e agora resta uma luta entre Mourinho e Van Gaal para decidir quem consegue navegar "The Perfect Storm", juntando todas as competições.
A vitória (1-0) sobre o Siena foi sofrida, mais a mais com a Roma a ganhar ao Chievo por 2-0, mas o golo de Milito deu o scudetto, mais que merecido, ao Inter de Mourinho.
Sim, de Mourinho, porque ele é realmente a vedeta, o centro de todas as atenções, a figura que a imprensa procura, que as câmaras estão constantemente a filmar, o craque da equipa (onde jogam dos melhores jogadores do Mundo), aquele que os adeptos mais aplaudem.
Impressionante!
O português irá, há cada vez mais certezas nesse sentido, pegar no leme do gigante de Madrid.
Veremos como será possível juntar os enormes egos de Valdano, Florentino Pérez, de alguns jogadores, e de Mourinho.
Para já, "só" falta ganhar a Champions no próximo sábado e fazer o triplete fantástico.
Em Espanha jogou-se um campeonato verdadeiramente electrizante.
O Barcelona renovou o título de campeão, com uma pontuação recorde a nível mundial desde que as vitórias passaram a valer três pontos (99 pontos em 114 possíveis) e o Real Madrid, com uma pontuação extraordinária (96 pontos, a terceira melhor de sempre, atrás deste Barcelona de Guardiola e do primeiro Inter de Mancini) acaba a época sem nenhum troféu.
E como é de troféus que as grandes equipas vivem, Pellegrini está de saída, agora oficialmente, anunciada ontem pela voz de Valdano.
E Mourinho está a caminho, com Guardiola a brincar com esse cenário cada vez mais real.
Nos jogos de ontem, o Barcelona goleou o Valladolid (4-0) e atirou o adversário para a segunda divisão, ao passo que o Real empatou em Málaga (1-1) o que ditou a sobrevivência da equipa do português Duda, autor do golo do Málaga.
Destaque final para Lionel Messi.
Com os dois golos de ontem, "A Pulga" sagrou-se Bota de Ouro, igualando o feito do "Fenómeno Ronaldo"
 

2 comentários:

  1. Estarei a torcer por Mourinho, claro.
    Não vi a final da Taça ( estive uns dias sem acesso `Net e à TV) mas consta-me que foi excelente para uma boa soneca. De qualquer modo, já cá canta mais uma.
    E será que Jesualdo continua?

    ResponderEliminar
  2. A irritação ontem na conferência de imprensa faz-me crer que ontem foi mesmo o último jogo como treinador do Porto.
    E confesso que não faço a mínima ideia acerca de quem será o sucessor.

    ResponderEliminar