21 de maio de 2010

Dia do Buda

Comemora-se hoje o Dia do Buda (佛誕), um dos feriados do calendário de feriados públicos em Macau.
O Dia do Buda, também conhecido por Aniversário do Buda,  é celebrado no oitavo dia do quarto mês do calendário lunar chinês, o qual corresponde, no calendário gregoriano, algures aos meses de Abril ou Maio.
A decisão de celebrar o Dia do Buda foi tomada oficialmente em 1950, na Conferência Mundial Budista, e representa o nascimento, a ascenção (Nirvana) e a morte (Parinirvana) de Gautama Buda.
Neste dia, espera-se dos devotos que ouçam os ensinamentos budistas transmitidos por monges nos templos.
É um dia no qual os monges recitam versos que se crê terem sido recitados pelo próprio Buda há 25 séculos, os quais invocam a paz, a harmonia, a felicidade para os governantes e o povo.
É também um dia em que aos devotos é relembrado que devem viver em harmonia com pessoas de outros credos religiosos, exactamente como o próprio Buda ensinara.
O Dia do Buda é também um dia em que os crentes devem procurar levar felicidade e auxílio aos mais desfavorecidos (mais pobres, mais velhos e enfermos) sendo tradicionais as dádivas a instituições de caridade como forma de celebração.
Se visitar um templo budista no Dia do Buda, é natural que lhe sejam oferecidos sumos e comida vegetarina, sinal de tributo e respeito ao próprio Buda, mas também simbolizando a purificação do corpo e da alma.
Sobretudo, este é um dia em que é especialmente relembrado aos crentes o que se espera que seja a sua conduta - viver uma vida nobre, desenvolver a sua educação e cultura, praticar o bem, tudo como forma de trazer paz e harmonia à humanidade.

2 comentários:

  1. Estimado Amigo pedro Coimbra,
    Um lindo artigo e bem explicito sobre os costumes de Macau.


    Em Macau é feriado sendo considerado como bem referiu como sendo o Dia do Buda, ou aniversário do Buda, mas a data precisa do nascimento do Buda, ninguém a sabe e como tal é festejada em diferentas datas, em vários países da Ásia.
    Em Hong-Kong, mais propriamente na ilha de Cheung Chau realiza-se um festival do bolo da sorte, que segundo os taoista coincinde com o aniverário do Buda.

    O Festival do Bolo da Sorte, em Cheung Chau começou como sendo uma diversão e um emocionante ritual das comunidades pesqueiras, afim de oraram pela sua segurança contra os piratas. Porém esses rituais foram esquecidos e nos dia de hoje se festeja o Bolo da sorte.

    Um abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo Cambeta,
    É sempre bom ir aprendendo um pouco mais sobre realidades que ainda me são algo estranhas.
    E, julgo eu, Macau é muito isto mesmo - a toleância e convivência de diferentes credos e religiões, culturas, nacionalidades, costumes.
    Um abraço

    ResponderEliminar