22 de agosto de 2011

Quando um árbitro, dos Distritais de Aveiro, é o melhor em campo.... E para a Académica - não vai nada, nada ,nada??!! Tudo!!


O Sporting não ganhou ao Olhanense e os seus responsáveis começaram a época a falar de árbitros.
João Ferreira foi nomeado para apitar o jogo de ontem, em Aveiro, e continuou-se a falar de árbitros.
Pelo meio, uma viagem à Dinamarca e a ideia muito forte que, o menor dos problemas deste Sporting, são os árbitros.
Confirmada ontem.
Num jogo paupérrimo, a melhor equipa em campo foi o trio de arbitragem.
Uns "carolas" dos Distritais de Aveiro.
Com o Beira-Mar a não mostrar qualquer preocupação ou interesse em ganhar o jogo, o Sporting mostrou uma incapacidade confrangedora de o fazer.
Tão fraco que até custa a perceber.
O que se passou ontem em Aveiro foi uma espécie de jogo entre solteiros e casados da aldeia.
Com um patusco que estava entre o público a apitar.
O Sporting ainda não ganhou nenhum jogo oficial e já está a 4 pontos do Porto e a dois do Benfica.
Vão-se distraindo com conversas de árbitros.....



À incapacidade e mediocridade de Beira-Mar e Sporting, responde a Académica, de Pedro Emanuel, com classe e vitórias.
Dois jogos, duas vitórias (a "vítima" de ontem foi o Rio Ave) e a promessa de uma época tranquila cada vez mais firme.
Porque a equipa é capaz, está bem montada, bem comandada.
E com um Éder ("Ederbayor") de pé quente.
A Académica joga bem.
Mas também sabe lutar e sofrer.
Espírito transmitido pelo treinador, certamente.
E igualou ontem um recorde de 40 anos - entrar na época futebolística com duas vitórias nas duas primeiras jornadas.
Vamos lá agora fixar novo recorde!



Nos outros jogos, o Braga ganhou pela primeira vez (2-0 ao Marítimo) e o Paços de Ferreira bateu o Leiria por 2-1.

5 comentários:

  1. Um jogo de solteiros e casados?!... Quando se quer apoucar alguém ou alguma coisa, quase sempre se cai no ridículo e no descrédito...É o caso, desculpe lá o politicamente incorrecto antes de eliminar este comentário

    ResponderEliminar
  2. O anónimo de 22 de Agosto de 2011 05:01 tem toda a razão.
    Há jogos entre solteiros e casados muito mais bem jogados do que foi o Beira Mar vs Sporting.

    A Académica teve nota positiva neste exame, mostrando que os "estudantes" fizeram o trabalho de casa.

    Braga e Paços Ferreira, vitórias que se esperavam. Logo, normais.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo,
    Não elimino nada o seu comentário.
    É a sua opinião.
    Mas você compreende o meu exagero.
    O Sporting tem que ser muito mais que aquilo.
    E o Beira-Mar também.

    Observador,
    O Anónimo percebeu o exagero.
    Acho que os sportinguistas, mais do que ninguém, estão desiludidos com o desempenho da equipa.
    Que está a irritar o próprio Domingos.

    A Académica - eu tinha apostado que a Briosa, sob o comando do Pedro Emanuel, ia fazer uma boa época.
    E o Porto portou-se mal com a Académica. Porque havia jogadores que era suposto irem para Coimbra e foram desviados (Kelvin era um deles).

    O Braga é uma grande incógnita para mim.
    Estou curioso para ver o que dali vai sair.
    As presenças de Lima e Pizzi dão a entender alguma estabilização.
    O Paços de Ferreira é certinho.
    Não brilha, mas não falha.
    Tem sido assim.
    Especialmente com Rui Vitória.

    ResponderEliminar
  4. Parece que o factor Domingos, até ver, não se traduziu numa efectiva melhoria no Sporting. Isso apesar do Sporting ter sido tremendamente roubado na primeira jornada pelo sportinguista Carlos Xistra.

    ResponderEliminar
  5. FireHead,
    Como Xistra, ou sem ele, o Sporting ainda não acertou o passo.
    Não há equipa, não há fio de jogo.
    E o próprio Domingos está a revelar (muitas) hesitações e dúvidas.

    ResponderEliminar