30 de agosto de 2011

Benfica e Braga na liderança; Barcelona goleia

Ainda que à condição (o Porto tem menos um jogo), o Benfica e o Braga, depois das vitórias de ontem, assumiram a liderança da Liga Zon Sagres.


Na Madeira, num jogo interrompido duas vezes por causa do nevoeiro, o Benfica bateu, como toda a justiça, o Nacional da Madeira (2-0).
Cardozo e Bruno César marcaram os golos que colocam os encarnados no topo da Liga.
Uma vitória importante para o Benfica, não só pela moral que transmite, como também pelo facto de ser muito complicado ganhar naquele campo.
Curto, estreito, com muros ali ao pé dos jogadores e, ontem como em outras ocasiões, com intenso nevoeiro.
O Benfica dominou, domínio que se acentuou quando ficou com um jogador a mais, e ganhou com toda a justiça.
O Nacional, que Ivo Vieira quer que seja uma equipa corajosa, ainda não marcou um único golo nesta época.
Coragem sem eficácia não adianta muito.....
Jorge Jesus repetiu a fórmula europeia, com Cardozo no onze (só Jardel substituiu o lesionado Garay), o paraguaio voltou a marcar, e o Benfica está a fazer um início de época muito diferente do que aconteceu na época passada.
E já tem mais cinco pontos que o rival Sporting.


Quem parece ter acertado o passo é o Braga de Leonardo Jardim.
Depois do apuramento complicado na Suíça, os bracarenses foram ganhar a Setúbal (golaço de um renascido Hélder Barbosa) e estão, a par do Benfica, no topo da tabela.
Leonardo Jardim desvaloriza o facto ("ainda só estamos na terceira jornada").
Mas a verdade é que o Braga parece ter estabilizado a equipa, acalmado os nervos.
E já tem mais cinco pontos que o Sporting.
Dois jogos complicados (Berna e Setúbal), um empate com sabor a vitória e uma vitória, o Braga no topo da classificação e Leonardo Jardim a demonstrar grande confiança na equipa e no seu trabalho.



Se, em Portugal, há fortes indicadores de que vamos ter uma Liga competitiva, em Espanha, a luta entre Real e Barcelona vai ser tremenda.
O Real tinha goleado (6-0) em Saragoça?
O Barcelona respondeu com 5-0 mesmo que a meio gás.
A vítima foi o Villareal, atropelado em Camp Nou.
Ronaldo marcou três golos?
Messi respondeu com dois.
E vai ser assim a época inteira.
O Real e o Barcelona, Ronaldo e Messi, a darem espectáculo, a excederem-se.
Emocionante!

Mas só com o Real e o Barcelona.
Como ontem comentava com um amigo na blogosfera, insiste-se no facto de o campeonato português ser desiquilibrado.
E o espanhol?
A tal que é por muitos considerada a melhor Liga do planeta?
Real e Barcelona em luta de titãs.
E o resto é paisagem!!
Seria normal o Porto, ou o Benfica, ou o Sporting, golearem o Braga (não será um paralelismo que se pode fazer este entre o Braga e o Villareal?) por 5-0?
Hoje já havia problemas no Minho.
E, no entanto, o Barcelona enfiou cinco ao Villareal, ao "Submarino Amarelo", e ninguém achou estranho, ninguém se indignou.
Porque esse desiquilíbrio brutal já é considerado normal.

5 comentários:

  1. Caro Pedro,

    comecemos pelo principio:

    1- Quem manda ao CD Nacional construir numa zona conhecida por todos os habitantes do Funchal (cidade onde nasci e resido) por ser propicia ao nevoeiro, mesmo no Verão, quando no centro da cidade, eu na minha sala estava com uma visibilidade de kms!!!

    2 - Quem foi a sapiência que autorizou a construção de tamanha "aberração" no meio dos eucaliptos???

    3 - Quanto ao resultado foi...escasso, tamanhas e tantas foram as oportunidades desperdiçadas pelo SL Benfica.

    4 - No que diz respeito ao SC Braga o golo foi de ...Hélder Barbosa, o Bruno Gama ao que sei é do Rio Ave!!!

    5 - Vitória categórica do FC Barcelona frente a uma equipa que disputa a Champions League, ao invés do R Madrid que goleou uma equipa que, com certeza, lutará para não descer de divisão.

    Foi um bom fim de semana desportivo!!! :DDD

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Ricardo,
    Você faz as perguntas, mas eu não tenho as respostas.
    Não faz sentido ter aquele estádio ali.
    Isso nós percebemos e estamos de acordo.

    Tem toda a razão.
    Fiz confusão e vou corrigir.
    Foi o Hélder Barbosa.
    O Bruno Gama estava no Rio Ave.
    Foi transferido, salvo erro para a Grécia.
    Duas esperanças do Porto que se perderam.

    O Villareal disputa a Champions.
    Mas está a anos-luz dos dois grandes de Espanha.
    O desiquilíbrio é brutal.
    Um abraço

    P.S. -Quero visitar o Funchal, que ainda não conheço, e que tantos amigos me dizem ser uma maravilha.

    Adélia,
    Carrega Benfica!! :)))
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Quando cá vir, Pedro, faça o favor de avisar com antecedência para nos encontrarmos!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Quis dizer, ou melhor, escrever vier e não "vir"!

    A pressa é sempre inimiga da perfeição!!! :DDDD

    ResponderEliminar