25 de janeiro de 2011

Homem falha ao tentar engravidar mulher do vizinho


"Um homem que vive na Alemanha foi processado por não conseguir engravidar a mulher do vizinho, depois de ser contratado por 2 mil euros para isso.

Demetrius Soupolos e a mulher, Traute, queriam ter uma criança, mas descobriram que Soupolos não poderia ter filhos.

Por isso, decidiram contratar Maus, na esperança que o homem casado e com dois filhos pudesse engravidar Traute.

A informação foi divulgada pela publicação alemã “Bild”.

Depois de seis meses e nenhuma gravidez – com uma média de tentativas de três vezes por semana –, Soupolos insistiu para que Maus passasse por exames médicos.

Os testes mostraram que o vizinho também é estéril.

Por isso, a mulher de Maus foi obrigada a admitir que as duas crianças não eram dele."

Agora, decida você o que é pior:

1. Ir a justiça cobrar um cara que comeu sua mulher por seis meses.

2. Contratar um cara para comer sua mulher por seis meses.

3. Descobrir que você é estéril enquanto tenta engravidar a mulher do vizinho, recebendo pra isso.

4. Descobrir que os dois filhos que você tem não são seus.

5. “Cornear” o vizinho e descobrir que já foi corno, no mínimo duas vezes.

6. Todas as anteriores

O pior na vida não é carregar chifres, mas sustentar a própria vaca...

7 comentários:

  1. Caro Pedro Coimbra
    Ainda com os restos da ressaca eleitoral é sempre bom vir aqui, pois o meu caro consegue sempre algo que me põe a rir.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Boa disposição sempre.
    Esse é o meu lema.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Eu tamb]em sou daqueles onde a boa disposição nunca me larga, esta foi muito boa, pago pelo serviço que foi realizado mas em vão, vindo depois a saber que corno era ele.
    Não só na Alemanha acontece casos destes, aqui em Bangkok, e por sinal um alemão, casou-se com uma tipa, e só volvidos dez anos é que veio a saber que a tipa era um tipo.
    Pediu divórcio, mas o caso continua em tribunal.
    É ser-se ou não, eis a questão!...

    ResponderEliminar
  4. Situações complicadas!
    A verdade tem perna curta, como se costuma dizer! : )

    ResponderEliminar
  5. Caro Cambeta,
    Na Tailândia, um episódio como o que relata não surpreende nada.
    Catarina,
    Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo, não é?

    ResponderEliminar
  6. :)) este será um caso real mais estranho que a ficção...

    ResponderEliminar
  7. Vendo como comprei.
    Como tal, julgo que é real.
    Mas concedo que é mais estranho que muita ficção :)

    ResponderEliminar