24 de junho de 2010

Alemães e ingleses defrontam-se nos oitavos e já se sabe que do conjunto Uruguai, Coreia do Sul, Estados Unidos ou Gana vai sair um semi-finalista

O 13º dia do Mundial deixou algumas certezas - os apurados para os oitavos-de-final saídos dos grupos C e D, e um conjunto de quatro selecções, candidatas a coisa nenhuma à partida para este Mundial, do qual saírá um dos semi-finalistas (Uruguai, Coreia do Sul, Estados Unidos ou Gana).

Na última jornada do Grupo C, a Inglaterra renasceu das cinzas e venceu uma Eslovénia (1-0)exclusivamente preocupada em olhar para o que se passava no outro jogo.
Os ingleses dominaram o jogo, marcaram por Defoe, e seguem para os oitavos-de-final.
Finalmente, os ingleses apresentaram um futebol vistoso, podiam ter marcado por mais vezes, isto tudo frente a uma fraca selecção eslovena, confiante no empate no outro jogo do Grupo que lhe permitisse o acesso à fase seguinte.
O sonho esfumou-se aos 91 minutos do jogo entre os Estados Unidos e a Argélia.
Os ingleses vão agora defrontrar os alemães num jogo que deixará fora deste Mundial uma das selecções que era favorita à partida.
No outro jogo do Grupo, os Estados Unidos garantiram o primeiro lugar ao derrotarem a Argélia (1-0) com um golo já em período de descontos.
Com Bill Clinton nas bancadas, os americanos mostraram bom futebol, uma atitude fantástica, uma vontade incrível de ganhar o jogo, uma confiança inabalável que iam conseguir ganhá-lo.
E conseguiram, merecidamente, com um golo de Donovan (excelente jogador) aos 91 minutos.
Antes disso, já o árbitro tinha invalidado (mal!!) um golo aos americanos.
Depois do erro no jogo com a Eslovénia, agora algo de semelhante contra a Argélia.
Os argelinos ficaram no último lugar do Grupo porque são realmente uma selecção muito fraca.
Os americanos merecem a passagem e são agora um dos candidatos à presença nas meias-finais.
Nos oitavos-de-final, os americanos vão encontrar os ganeses, excepção à hecatombe africana, seleção que, pese embora ter perdido com a Alemanha, se apurou em virtude da derrota da Sérvia frente à Austrália.
Os alemães ganharam por 1-0, golaço de Ozil, num jogo que confirmou a grande fraqueza da selecção ganesa - um índice de aproveitamento ridículo.
Vem aí o embate de titãs (Alemanha - Inglaterra) e há uma equipa africana nos oitavos-de-final (a falhar golos assim, não passará desta fase certamente).
A presença do Gana na fase seguinte, foi conseguida muito à custa da derrota da Sérvia perante a Austrália (2-1).
Um jogo com uma arbitragem polémica, que irritou Radomir Antic, seleccionador sérvio que devia estar irritado consigo próprio, e com os seus jogadores, por jogarem a pensar no resultado do outro jogo.
Os australianos, ao contrário, jogaram para ganhar.
E conseguiram-no.
Os golos de Cahill e Holman (golaço!!), aos quais responderam os sérvios com um golo de Pantelic, apenas confirmaram a vitória da Austrália no jogo, e a eliminação das duas selecções em confronto ontem.

Sem comentários:

Enviar um comentário