26 de janeiro de 2012

RECEITA DE FRANGO COM WHISKY (Muito bom, experimentem!!)

Com um abraço especial para o Rodrigo



Ingredientes:
- 1 garrafa de whisky (do bom, claro!)
- 1 frango de aproximadamente 2 kg
- sal, pimenta e ervas de cheiro a gosto
- 150 ml de azeite virgem
- nozes moídas q.b.

Modo de preparar:
- pegue no frango
- beba um copo de whisky
- envolva o frango com sal, pimenta e as ervas
- barre com azeite
- beba outro copo de whisky
- pré-aqueça o forno aproximadamente 10 minutos
- sirva-se de uma boa dose (caprichada) de whisky enquanto aguarda.
- use as nozes moídas como aperitivo
- coloque o frango numa assadeira grande.
- sirva-se de mais duas doses de whisky.

- Axuste o terbostato na marca 3 , e debois de uns vinte binutos, ponha a assassinar. - digu: assar a ave.
- Beba outra dose de whisky
- Debois de beia hora, formar a abaertura e gontrolar a assadura do bicho.
- Tentar zentar na gadeira.
- Sirva-se de uoooooooootra dose generosa de whisky.
- Cozer(?), costurar(?), cozinhar, sei lá, voda-se o vrango.

- Deixáááár o filho da buta do pato no vorno por umas 4 horas.
- Tentar retirar o vrango do vorno. Num vai guemar a mão, dasss!
- Mandar mais uma boa dose de whisky p'ra dentro . De si, é claro.
- Tentar novamente tirar o sacana do gansu do vorno, porque na primeira teenndadiiiva dããão deeeeuuuuuu.

- Begar o vrango que gaiu no jão e enjugar o filho da buta com o bano de jão e cologá-lo numa pandeja ou qualquer outra borra, bois avinal você nem gosssssssssta muito desse adimal mesmo.

- 'Tá Bronto.

PS (importante): Com vodka também resulta

9 comentários:

  1. : ) Receita de homem para homem, pois claro!

    ResponderEliminar
  2. Diga-me que fez esta receita no Natal passado...!

    :D

    ResponderEliminar
  3. Catarina e Isabel,
    Eu sou abstémio.
    E, ainda por cima, não gosto de carne de aves.
    Só divulgo a receita :))

    ResponderEliminar
  4. Pedro ó Pedro!
    Convem esclarecer que a receita também não é minha... Esta.
    Pronto mas eu conto uma estória verdadeira.
    Vivi uns anos só. Claro que aprendi a fazer uns cozinhados. Um dia convidei uns amigos para um jantar. Bifes era o mais fácil e lá me pus numa de cozinha de autor. Bifes com molho especial. Ingredientes: os respectives bifes do lombo, cerveja,whisky, vodka, grãos de pimenta e natas.
    Estava bom. O problema é que havia muito molho e pão para ensopar.
    Uma das amigas (abstémia) apanhou a maior bebedeira da sua vida. Ainda hoje me chama "nomes"
    Um grande abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  5. Por isso arranjei um cozinheiro que cozinha para mim.
    Comigo um bife de frango acabaria numa vaca, eheheh
    beijo

    ResponderEliminar
  6. António,
    Mesmo que não seja grande coisa, bem atestado de pinga o comensal nem percebe.
    Não se costumava embebedar os perús antes do Natal?
    Aqui quem fica grosso é o cozinheiro :))

    Carlota,
    Aqui em casa só a Mariana (8 anos) é que ainda não cozinha.
    O resto, incluindo a Catarina (quase 14) tudo cozinha.
    E gosta de "inventar"
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Rodrigo,
    A mensagem era do Rodrigo.
    E agora este comentário é uma delícia.
    Sabe qual foi a maior bebedeira que o meu pai, ainda puto, apanhou?
    Medronhos (de certeza que conhece a fruta).
    A seguir à bebedeira, levou um enxerto de porrada do meu avô.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  8. Pedro. Estava a referir-me ao post, pois obviamente que sei cozinhar, eheheheh
    beijo

    ResponderEliminar