31 de março de 2010

E o escolhido é Agostinho Branquinho

No debate quinzenal com o Governo, e em face da ausência de José Pedro Aguiar Branco (está fora de Portugal), o PSD, já sob liderança de Pedro Passos Coelho, escolheu o deputado Agostinho Branquinho para liderar a bancada no supracitado dabate.
Uma escolha assaz curiosa.
Agostinho Branquinho foi apoiante de Passos Coelho nas eleições que o actual lider perdeu para Manuela Ferreira Leite.
Nas recentes eleições, apoiou o actual líder parlamentar Aguiar Branco.
Não é um especialista na área económica, sendo a sua formação mais direccionada para as áreas da História e da gestão de recursos humanos.
Se pensarmos que o debate se vai centrar em questões ligadas à economia e às exportações, na sequência do relatório negro que o Banco de Portugal deu a conhecer, Agostinho Branquinho é uma escolha pouco compreensível.
Mesmo tendo em conta que Pedro Passos Coelho pode estar a tentar realmente pacificar o partido.
Entre sete vice-presidentes na bancada laranja não haveria ninguém mais familiriarizado com questões económicas e que também não causasse ondas?
Ou será que o critério foi apenas ordem alfabética dos nomes?

Sem comentários:

Enviar um comentário