18 de março de 2010

A classe dos "condes" de Barcelona e franceses muito fortes na Champions

Estão encontradas as equipas que vão disputar os quartos-de-final da Champions nesta época.
Nos jogos de ontem, Barcelona e Bordéus garantiram o já esperado apuramento.
O Barcelona é a única equipa espanhola que sobrevive nesta fase da prova e confirma-se como uma equipa sensacional.
Leo Messi está endiabrado, marcou mais dois golos, esteve à beira do hat-trick, proeza que conseguira no fim-de-semana, e o Barcelona, que se dá ao luxo de deixar Ibrahimovic no banco, para mais num jogo em que já não contava com Xavi e Abidal, goleou o Estugarda (4-0) e demonstrou que, em cidade de condes, esta equipa tem realmente "sangue azul".
E classe, muita classe.
O Barcelona a disputar a final da Champions no Santiago Bernabéu é um cenário que tem tudo para se materializar.
Será que Pep Guardiola consegue levar o seu Barça a ser a primeira equipa a revalidar o título na Champions?
Não me surpreenderia nada.
Também em grande, as equipas francesas.
Depois do apuramento do Lyon, deixando pelo caminho os galácticos do Real Madrid, ontem foi a vez do Bordéus confirmar a sua presença nos quartos-de-final da prova com uma vitória, complicada (2-1), sobre o Olympiacos.
Duplamente histórico - é a primeira vez que o campeão francês atinge esta fase e nunca duas equipas francesas tinham estado juntas nos quartos-de-final da Champions.
Posso "puxar a brasa à minha sardinha"?
Então aqui vai:
Quem é que anda a dizer, e a escrever, que se deve dar atenção às equipas francesas desde a fase de grupos?
Pois...
Este jogo teve um árbitro português (Olegário Benquerença) que expulsou três jogadores e mostrou mais oito cartões amarelos.

Sem comentários:

Enviar um comentário