16 de novembro de 2009

Quem é que falou em escutar o primeiro-ministro?


Começo a convencer-me que, em todo este tenebroso processo Face Oculta, só eu e Paulo Pinto de Albuquerque é que não perdemos o tino.
E, quando eu me convenço que só eu e um famoso penalista é que estamos em posse das nossas faculdades mentais, até eu próprio fico assustado!
A questão da destruição de todo o material escutado em que aparecia o impoluto primeiro-ministro de Portugal, parece-me que está a ser olhada de um ponto de vista um pouco...como dizer?....enviesado? Será algo de semelhante.
O senhor primeiro-ministro não foi escutado! Muito menos era o alvo das escutas ou das investigações!
Quem estava a ser investigado e escutado era o seu camarada, amigo, compagnon de route, Armando Vara.
No meio daquele lamaçal pornográfico aparece o senhor primeiro-ministro.
Algo que nem terá deixado abismados os investigadores da PJ tantas são as vezes que o senhor primeiro-ministro aparece envolvido em porcaria.
Algo de bem diferente de escutar o primeiro-ministro, não é?

Se se quer ficcionar que se estava a escutar o senhor primeiro-ministro para atirar as comprometedoras escutas para o lixo, eu até compreendo.
As lixeiras começam a ficar cheias de material comprometedor para o primeiro-ministro, e, como tal, "a Oeste nada de novo".
Mas parece que ainda há gente com capacidade de análise e visão para compreender a falácia (aqui via Jornal de Notícias http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1421006 ).

E o Senhor Presidente da República? Que fez no meio de todo este processo?
Diz-se muito preocupado, quer que a Justiça siga os seus trâmites, quer assegurar o regular funcionamento das instituições democráticas.
Já percebi.
Mudou de ideias e quer um segundo mandato.
Para isso precisa de uns votos de militantes socialistas.
As trapalhadas em que o primeiro-ministro aparece envolvido e o Presidente não mexe uma palha!

Por muito menos, e muito menos grave que isto, Sampaio deu um pontapé no traseiro de Santana Lopes que o pôs a "andar por aí" há uma data de anos.
Mas Sócrates é mais esperto e está bem mais protegido que Santana Lopes.
Também foi coincidência que estes episódios da operação Face Oculta só fossem tornados públicos após a realização das eleições, parlamentares e autárquicas, não foi?
E que duas altas figuras do Estado aparecessem na praça pública a atirarem-se um ao outro tipo gladiadores romanos?


Já não há vergonha!

Sem comentários:

Enviar um comentário