5 de novembro de 2009

Vive la France

Os franceses estão em grande na Champions.
Já aqui tinha escrito que é bom seguir com atenção a carreira do Lyon nesta edição.

Ontem, mercê de um golo tardio de Lisandro Lopez,  a equipa francesa garantiu a presença nos oitavos-de-final.

Mais, com esse golo, e a goleada da Fiorentina, o Liverpool  ficou numa situação muito complicada.
Os italianos, com 9 pontos, face aos 4 dos ingleses, não vão deixar fugir o apuramento.
E os favoritos, à partida, para vencerem o Grupo E, vão ter de se contentar com a Liga Europa.
No Grupo F  a confusão é total.

Mourinho não consegue espremer mais uma equipa do Inter, claramente aburguesada, cansada, com défice de qualidade.
Ontem, com dois golos tardios, conseguiu vencer em Kiev.

O Barcelona está a atravessar uma fase em que parece que se cansou de tanto ganhar e impressionar.
Ontem, um empate sensaborão com o Rubin Kazan, a equipa que tinha ido ganhar a Nou Camp.
Seis pontos para o Inter, cinco para o Barcelona e o Rubin Kazan e quatro para o Dínamo de Kiev.
Ainda assim, se a lógica não for mesmo uma batata, Barcelona e Inter terão uma ponta final mais forte que as equipas do leste europeu, e deixarão o Dínamo de Kiev e o Rubin Kazan a discutir uma  vaga na Liga Europa.
No Grupo G, o Sevilha salva a honra espanhola.
Empate com o Estugarda, suficiente para assegurar a vitória no Grupo, 10 pontos, e os alemães a discutirem com os romenos do Urinea Urziceni e os escoceses do Glasgow Rangers as restantes posições.

No Grupo H, o Arsenal confirmou o seu favoritismo, goleou o AZ Alkmaar e já está apurado.
O Standard Liége, ao bater os gregos do Olympiakos, deixou acesa a discussão acerca de qual a equipa que fará companhia aos ingleses nos oitavos-de-final.
Assim, já estão apurados o FC Porto, o Chelsea, o Manchesyer United, o Bordéus, o Lyon, o Sevilha e o Arsenal.
Companhia ilustre para os dragões, sem dúvida nenhuma.

Sem comentários:

Enviar um comentário