9 de novembro de 2009

Análise à jornada (ainda sem o Benfica)


O Braga perdeu pela primeira vez no passado sábado.
Depois do 1-0 em Guimarães, pensava-se que os perseguidores dos bracarenses aproveitassem a primeira escorregadela dos líderes da Liga no dérbi minhoto.
A derrota do Brga não me surpreendeu nada.
Continuo a achar que tem corrido tudo bem à equipa de Domingos Paciência, que é apenas um equipa interessante.

Com a derrota do Braga, o Porto podia aproximar-se da liderança.
Com uma exibição muito fraca na Madeira, os portistas confirmaram que ainda não conseguiram arrumar a  casa depois das saídas de Lucho e Lisandro.
A equipa tem rendido pouco, as lesões no plantel também não têm ajudado, mas há claramente uma  série de jogadores em sub-rendimento.
Jesualdo vai ter que aproveitar a pausa no campeonato para equacionar bem que soluções buscar porque a equipa continua a demonstrar incapacidade de reagir a momentos adversos.
Não há a mesma garra, não há a mesma vontade de ganhar, há tremideira a mais ( a crónica do Maisfutebol aqui http://www.maisfutebol.iol.pt/fcporto/maritimo-fc-porto-cronica-jornada-10-liga-maisfutebol/1101686-1304.html ).
Do outro lado esteve um Marítimo que já roubou pontos aos três grandes (empatou na Luz e em Alvalade e ganhou agora ao Porto).

Van Der Gaag, desde que tomou conta da equipa, ainda não perdeu.
Chapeau!!
Também a fazer uma época muito interessante, o Rio Ave, de Carlos Brito, onde vai brilhando João Tomás.

Ontem, depois do 2-0 ao intervalo com o Sporting, a recuperação na segunda parte para um empate 2-2 bastante saboroso.
E os leões à beira de um ataque de nervos.
Os adeptos numa gritaria infernal e a equipa cada vez mais nervosa e num impensável oitavo lugar.
Nos restantes jogos, destaque para vitória do Nacional em Matosinhos, que coloca os madeirenses no 4º lugar.
O Paços de Ferreira terá rebentado com João Carlos Pereira à frente do Belenenses (manifestações públicas de apoio são, normalmente, o primeiro passo para o divórcio....), Setúbal e Olhanense confirmaram que vão andar na luta pela permanência, e a Académica foi arrancar um precioso empate a Leiria.
Um pontinho saboroso numa luta que vai ser tremenda para permanecer na Liga Sagres.
O Benfica tem hoje a hipótese de ganhar em quatro campos (derrota do Braga, derrota do Porto, empate do Sporting; só falta ganhar na Luz.....).
Perante uma Naval muito fraquinha, a águia vai dar uma grande bicada, apesar do desgaste provocado pelo jogo a meio da semana e das ausências de Cardozo e Ramires.
Jorge Jesus arrumou a casa e os rivais estão a dar uma ajudinha preciosa.
Das jornadas já jogadas uma conclusão muito forte - falta classe a esta Liga Sagres.
Benfica e Porto são boas equipas; o Braga uma equipa interessante; o Sporting está a tornar-se um caso clínico; Nacional, Marítimo, Rio Ave, equipas arrumadas que estão a aproveitar a falta de classe e sobranceria dos crónicos candidatos.
Panorama muito cinzentão, francamente.


Sem comentários:

Enviar um comentário