20 de julho de 2011

Muro das lamentações em Israel e em Portugal

Muro das lamentações em Israel


Muro das lamentações em Portugal


8 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Defacto existem muitas semelhanças, mas nem aos judeus nem os portugueses, Deus os ouve, diz sim que se vão lamentar, em Israel, para a faixa de GAZA, e para os portugueses que peguem no Cavaco e o queimem!... Já que o Euro foi ele que o escolheu.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. A adesão ao euro era uma inevitabilidade, amigo Cambeta.
    Não podemos comparar o escudo e a libra, Portugal e a Inglaterra.
    E o euro, mais do que um projecto económico, era (devia ser...) um projecto político.
    Algo que a ASEAN há já muitos anos também equaciona.
    Mas que não acredito venha a existir no Sudeste Asiático.
    Um abraço amigo

    ResponderEliminar
  3. Caro Pedro
    Acho que já nem se aplica o velho proverbio "quem não chora não mama". Já vi gente aos murros e pontapés à máquina e nada, não sai dinheiro.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Com murros e pontapés não vai lá.
    Também já tentei e não deu resultado :))
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Nunca experimentei com o M.B. mas com a máquina de lavar roupa por vezes resulta! Hum... Será sorte? Acho que tenho de experimentar!

    ResponderEliminar
  6. Eu estava a falar no MB, Catarina.
    Na maquinaria, murro, pontapé e palmada dão um resultadão.
    O meu portátil é a maior vítima

    ResponderEliminar
  7. Olá Gábi
    Já estava a ficar preocupado consigo.
    Será que a raptaram no Porto?? :))

    ResponderEliminar