15 de julho de 2011

AGORA SIM: Já não me falta ver mais nada...!! (4)

6 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Bem eu vi algo, mas só depopis de ampliar a imagem é que me poderei pronunciar.
    O seu blog está sob mira de alguém, cuidado, pois tentei entrar várias vezes e estava bloqueado, igualmente o seu comentário que postou num artigo em meu blog desapareceu.
    Anda por ai de novo a PIDE.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Não me admirava, amigo Cambeta.
    Mas, como não ofendo ninguém, não há problema.
    Expresso opiniões livremente.
    De forma educada e com toda a lisura.
    E sem receios.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Caro confrade Pedro Coimbra!
    Apesar de não conhecê-lo em carne e osso creio que você é um cidadão probo, pautado pela lisura e transparência e mais ainda teve a prerrogativa de frequentar a nobilíssima Universidade de Coimbra, que desde 1290, um pouco da peste negra assolar a Europa, é um espaço acadêmico dedicado ao fascinante e interminável mundo do conhecimento!!!
    Você é um felizardo por ser um coimbraiano!!!!
    Caloroso abraço! Saudações coimbraianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  4. Efectivamente, sou um felizardo por ter estudado em Coimbra, caro Prof. João Paulo Oliveira.
    Ainda para mais, Direito.
    Só entrar naquela Faculdade mete respeito.
    E, por ironia do destino, vim fazer o Mestrado em Macau.
    Reconhecido por......Coimbra.
    Com muitos professores de .....Coimbra.
    Com um orientador de tese de .....Coimbra.
    Com uma tema sugerido pelo Prof. Barbosa de Melo, antigo presidente da AR e ilustre professor de .....Coimbra.
    E com um membro do júri defesa de tese de São Paulo - Paulo Borba Casella.
    O Mundo é pequeno.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Caro confrade Pedro Coimbra!
    Desde meu tempo de infante, quando aprendi nos bancos escolares os grandes feitos do reino distante além-mar, no que tange as grandes navegações e seus monarcas, também ouvia falar da nobilíssima Universidade de Coimbra e seu papel preponderante como um centro irradiador de conhecimento de uma seriedade espartana!!! Quem diria que no século seguinte, já na idade outonal, conheceria ciberneticamente um coimbraiano tarimbado!!!!! Não sou ligado a área de Direito, todavia tenho conhecimento que o Prof. Dr. Paulo Borba Casella é muito conceituado na Universidade de São Paulo!!!
    Ainda continuo fascinado com esta fantástica tecnologia cibernética, que nos permite estreitar laços com pessoas, como você, que em outras circunstâncias seriam remotíssimas as possibilidades de conhecê-las!!!!
    Que a deusa da Justiça e da Sabedoria o tenha como pupilo sempre!!!!
    Caloroso abraço! Saudações legalistas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  6. Caro Prof. João Paulo Oliveira,
    O Mestrado que fiz foi um enorme desafio.
    Porque foi feito em horário pós-laboral, porque foi feito em língua inglesa, porque começou quando a minha filha mais nova tinha apenas nascido seis dias antes e precisava de atenção constante.
    Mas foi uma experiência enriquecedora.
    Que me permitiu contactar com mestres de todo o Mundo (Portugal, Brasil, Inglaterra, Alemnha, Austrália, Itália, Estados Unidos, Eritreia, ....).
    A minha área de especialização é European Union Law e a minha tese de mestrado foi subordinada a um estudo comparativo dos sistemas de integração (económica, política, legal) da União Europeia e da ASEAN.
    Com passagem obrigatória peelo Mercosul, pela União Africana.
    O jurí de avaliação final era constituído por um brasileiro, um italiano e um português - Paulo Borba Casella, Salvatore Mancuso e Paulo Canelas de Castro.
    E a desfesa de tese foi feita ainda em fase de recuperação de uma cirurgia.
    Uma aventura inolvidável!!
    O Doutoramento ainda está em equação.
    É possível que aconteça um destes dias.
    Como bem refere, sem estas tecnologias seria virtualmente impossível travar conhecimento com pessoas que enriquecem as nossa vidas.
    Bem haja.
    Um abraço amigo

    ResponderEliminar