23 de março de 2011

Tesourinhos de Portugal (30)

2 comentários:

  1. Se é possível e admissível fugir impunemente ao pagamanto, porque não fazê-lo?

    Somos portugueses, Pedro!

    ResponderEliminar
  2. Não tinha pensado nisso, Observador.
    O que dizia um bom amigo - roubar ao Estado não é crime :))

    ResponderEliminar