20 de março de 2011

E já vão 19 pontos perdidos em Alvalade! Real e Barça ganham. Manchester também.

Com o empate de ontem frente ao União de Leiria (0-0) o Sporting chegou aos 19 pontos perdidos em Alvalade nesta época.
Enquanto os candidatos à presidência do clube vão apresentando argumentos, desfilando nomes de reforços e treinadores, a equipa vai triturando os nervos dos adeptos.
E o terceiro lugar, a cada jornada que passa, vai ficando mais ameaçado.
O Sporting ontem até dominou o jogo.
E criou várias oportunidades para marcar.
Mas, umas vezes por inépcia, outras porque a ansiedade fala mais alto, outras porque não há um matador, a maioria porque se estreou ontem na baliza do Leiria um puto muito inspirado (Mika), o Sporting não marcou.
Valha a verdade que o Leiria também só por uma vez verdadeiramente ameaçou a baliza do Sporting (valeu Rui Patrício).
Mas é cada vez mais claro que falta classe a este Sporting.
Diogo Salomão e Matías Fernandez mexem com a equipa.
Mas ninguém os acompanha.
Para agravar, a relação das bancadas com Djaló chegou ao insuportável.
O que se pede em Alvalade é, cada vez mais, uma nova época, outras caras, outro espírito, outra mentalidade, outros jogadores, outros dirigentes.
O Leiria, apesar de uma sucessão de resultados negativos, ainda sonha com a Europa.
Um sonho que julgo muito difícil de concretizar.

Ninguém desarma no campeonato espanhol.

Depois da vitória do Barcelona, o Real venceu o derby de Madrid (2-1).
A jogar no Vicente Calderon o Real chegou ao 2-0 (golos de Benzema, mais um!!, e Ozil), sofreu o 2-1 aos 85 minutos (Aguero), mas teve sempre o jogo controlado.
Em Camp Nou, o Barcelona passou por algumas dificuldades para vencer o Getafe (2-1).
Num jogo com uma arbitragem polémica, Dani Alves marcou um golão e deu vantagem ao Barça.
Bojan, com a "ajuda" de um defesa, aumentou a vantagem da equipa blaugrana.
Que Manu reduziu e cinco minutos do fim que Alain poderia ter anulado mesmo ao cair do pano.

Mantêm-se assim os mesmos cinco pontos a separar as duas equipas numa luta cada vez mais imprevisível até final.


Em Inglaterra, o Manchester aumentou para cinco pontos a vantagem para o Arsenal.
Os red devils ganharam ao Bolton (1-0) com um golo tardio (87 minutos) de Berbatov.
E beneficiaram do empate do Arsenal (2-2)  no terreno do West Bromwich.
Os "gunners" têm um jogo a menos e podem encurtar a distância ue os separa dos "red devils".
Cinco pontos, como ficou escrito antes.


2 comentários:

  1. Sporting: tudo o que se disser é mais do mesmo. Repetição pura e simples.
    Precisam-se caras e mentalidades novas.
    As eleições são já no próximo sábado e ninguém parece convencer.

    Real Madrid e Barcelona: dois resultados que não me surpreendem, ainda que pela margem mínima.
    Quanto a mim, o campeonato não deverá fugir aos comandados de Pepe Guardiola.
    E, se assi, fôr, com toda a justiça.

    Manchester United: Outro resultado sem surpresa.
    Alex Ferguson está com algumas dificuldades para gerir o "consumo" físico dos seus jogadores mas há por ali muita classe.

    Arsenal: nada de anormal (até rima).
    Nunca acreditei na turma de Arsène Wenger.

    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  2. Observador,
    Cem por cento de acordo.
    mas espero ver um Sporting mais forte nas próximas épocas.
    Eu que até sou portista.
    Como uma paixão de menino pela Académica e uma grande simpatia pelo Sporting (avô materno e tio) e o Belenenses (avô paterno e pai).
    Abraço e bom domingo para si também.

    ResponderEliminar