27 de fevereiro de 2012

Liga Zon Sagres em ebulição!! Ronaldo e Messi deviam ser proibidos de jogar!!

Há quantos anos não havia uma edição do campeonato português tão disputada?
Não me recordo.
Mas estou a gostar da presente edição da Liga Zon Sagres.
Quando o Porto perdeu em Barcelos, escrevi aqui que o título estava entregue.
Enganei-me.
A discussão está bem viva.
E, se o Braga ganhar hoje ao Guimarães, pode bem vir a ser uma discussão a três.


Esta revivescência deve-se, em grande parte, a uma queda abrupta do Benfica.
O empate em Coimbra, um resultado que me agradou em triplo (um pontinho de ouro para a Académica; a perda de pontos do Benfica; a colagem do Porto ao Benfica), confirma uma inegável crise exibicional, e de resultados, do Benfica.
Curiosamente, coincidente com a ausência de Javi Garcia, o pêndulo daquele meio-campo, da equipa.
Três jogos, duas derrotas (Zenit e Guimarães) e um empate (Académica), a perda da liderança na Liga que parecia já estar conquistada, e a necessidade de ganhar o dérbi da Luz na próxima semana.
Arrisco afirmar que ninguém estaria a prever esta possibilidade.
No jogo de Coimbra, a defrontar uma Académica que Pedro Emanuel avisara ia procurar o precioso pontinho, o Benfica não conseguiu marcar pela segunda vez na Liga.
Apesar das muitas oportunidades criadas, e do domínio exercido (consentido), o Benfica foi incapaz de ultrapassar uma Briosa arrumadinha e com um guarda-redes muito inspirado.
A almofada de cinco pontos de vantagem, que parecia ser suficiente para o Benfica conquistar o título, desapareceu em dois jogos.
Como tal, no dérbi com o Porto, o Benfica entra agora em campo com a necessidade de ganhar.
Tudo em aberto e com a particularidade de, um empate no Benfica-Porto, acompanhado de vitórias do Braga nos próximos dois jogos, deixar as três equipas separadas por um ponto.
A ferver!!!


Aproveitando as escorregadelas do Benfica, o Porto volta ao primeiro lugar da tabela (mesmos pontos que o Benfica,  mas melhor diferença de golos).
Não foi nada fácil a tarefa dos dragões para bater um esforçado Feirense.
Com um guarda-redes em grande destaque (Paulo Lopes), o Feirense procurou manter o pontinho precioso.
A estratégia estava a surtir efeito, mas desmoronou-se quando o Porto passou a jogar em vantagem numérica (expulsão de Luciano).
O Porto voltou a não ser convincente, Vítor Pereira voltou a guardar James no banco (entrou a render Varela, marcou um golo, deu o outro a marcar, isolou Janko no lance do penálti e expulsão de Luciano), mas, desta vez, jogou com laterais e um ponta-de-lança.
E ganhou com justiça.
Porque é que James continua no banco?
Só Vítor Pereira poderá responder.
O meu palpite - como James não poderá defrontar o Benfica, o patético treinador do Porto  andará a afinar a estratégia para o jogo da Luz.
Para tolice......


Na luta pelo quarto lugar, depois de o Marítimo ter ganho na sexta-feira (1-0 ao União de Leiria) o Sporting respondeu aos madeirenses com uma vitória (1-0 ao Rio Ave) ontem.
Mais uma vez (o Sporting de Sá Pinto será sempre assim?) um Sporting raçudo, nada espectacular (longe disso!!), mas que vai ganhando.
Ontem, com um golaço de Izmailov.
Quem quer um leão a jogar bom futebol, a marcar muitos golos, vai ter que esperar.
Por agora, e com Sá Pinto ao leme, este Sporting quer é vitórias, pontos.
E vai conseguindo.
Brilhantismo, nota artística?
Como dizia o Badaró, isso a gente vê depois!

Outros resultados:

Paços de Ferreira / Nacional - (0-2);
Beira-Mar / Vitória de Setúbal - (2-3);
Olhanense/Gil Vicente - (0-0).




Brilhantismo, incredulidade, só em Espanha.
Madrid e Barcelona, Ronaldo e Messi.
Os jogadores que desiquilibram jogos, que fazem o impensável.


Depois do calcanhar mágico de Ronaldo, o livre fenomenal de Messi.
A darem a vitória às respectivas equipas e a manterem tudo na mesma no topo da tabela.
Deviam ser proibidos de jogar!!

6 comentários:

  1. Uma escorregadela imperdoável do meu Glorioso.
    Sofrer sempre, até ao fim!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Uma(s) escorregadela(s) na pior altura, Carlota.
    E já não é a primeira vez que o Benfica, com Jorge Jesus como treinador, cai nos momentos das grandes decisões.
    Vamos ver o que acontece nas próximas duas semanas.
    Ainda ninguém ganhou nada.
    Ainda só houve quem perdesse (Porto e Braga eliminados das provas europeias; Porto e Benfica eliminados da Taça de Portugal).
    Quem se puser a cantar vitória, e a deitar foguetes, pode bem levar com as canas na cabeça.
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Pedro,

    destaque da jornada vai para "a falta de sorte do SL Benfica" na sua deslocação a Coimbra e, por vezes, como o Pedro sabe nem todos os dias são dias de festa.
    Do jogo com a Académica de Coimbra lembro-me de um remate apenas efectuado pelos "estudantes" nada mais.

    Quanto ao restante campeonato falo do CS Marítimo que, nos dias de hoje, é uma equipa personalizada e melhor, muito melhor, que o 5º classificado da Liga.

    Quanto a Espanha, vi o jogo entre o Atlético de Madrid e o FC Barcelona e foi um grandessíssimo jogo com um vencedor justo (mas suadinho).

    Abraço, caro amigo, e boa semana para si e restante prol!

    ResponderEliminar
  4. Pedro, acho que em 56 o Benfica liderou o campeonato uma vantagem de 5 pontos, e deixou escapar a vitória do mesmo para o seu rival... FCP... Mas nem é bom pensar .... Gerrrr arrepio de ((((medo))))

    ResponderEliminar
  5. "Basta" ao Benfica empatar com o FCP a zero a uma bola para recuperar a liderança, mas é claro que espero bem que o Benfica dê uma resposta cabal a quem duvide que tem tudo para ser campeão.

    Em Espanha, o Ronaldo não deverá ter problemas em superar finalmente Messi, pois será campeão e isso será decisivo. Resta agora saber se consegue também juntar o título de campeão europeu ao título de campeão espanhol.

    ResponderEliminar
  6. Falta de sorte ou de eficácia, Ricardo?
    A Académica ia jogar assim.
    O Pedro Emanuel avisou (nem era preciso).
    Como é que jogou o Feirense?
    Vai ser assim daqui em diante, Ricardo.

    Grande época do Marítimo, sem dúvida.
    Um dos destaques (positivos) deste Liga.

    Em Espanha há duas equipas fenomenais e dois jogadores que são fenómenos.
    Capazes de coisas que os outros nem ousam imaginar, Ricardo.
    Votos de óptima para semana para si e família

    Catarina,
    Ainda ninguém ganhou porra nenhuma.
    Nem foguetes, nem marcha fúnebre.
    Ainda falta tanto jogo.
    E há o Braga, atenção ao Braga!!

    "espero bem que o Benfica dê uma resposta cabal a quem duvide que tem tudo para ser campeão."
    Quem é que duvida, FireHead?
    Eu não.
    Pode ser o Benfica, pode ser o Porto, pode ser o Braga.

    Em Espanha, aqueles dois (joadores e equipas) São de outra dimensão.
    Impressionante!!

    ResponderEliminar