21 de fevereiro de 2012

E, quando tudo parecia decidido.....


Quando tudo parecia decidido, uma equipa em convulsão, com salários em atraso, com uma direcção demissionária, enche-se de brio, derrota o Benfica e relança a luta pelo título.
No início da passada semana tinha aqui escrito que o Benfica ia perder.
Quando o escrevi, confesso que estava longe de imaginar que, no espaco de cinco dias, o Benfica perderia duas vezes.
Se a derrota na Liga dos Campeões é perfeitamente recuperável (atenção ao TIR que os russos vão colocar no risco da baliza), a primeira derrota na Liga Zon Sagres, no primeiro jogo em que o Benfica não marcou, pode revelar-se mais complicada.
Desde logo porque, apesar de ser verdade, como o referiu Jorge Jesus no final do jogo, que é o Benfica que continua à frente e a depender de si próprio, a verdade é que, com esta derrota, o Porto passou a depender de si próprio também.
E, do ponto de vista psicológico, o que foi uma injecção de confiança para os portistas, pode revelar-se um murro no estômago para o Benfica.
Emoção ao rubro!!
O jogo de ontem foi um daqueles em que tudo sai mal.
O Benfica foi uma sombra do que tem sido, jogou mal, nunca se encontrou, acusou em demasia as ausências de Javi e Witsel (entrou na segunda parte).
E Jorge Jesus errou.
Errou muito, até.
Não podendo contar com Javi, num jogo que o próprio Jorge Jesus afirmava ser essencial e complicado, porque é que deixou Witsel no banco? Problemas físicos, desgaste?
E, a perder, com a equipa incapaz de criar verdadeiro perigo, porque é que demorou tanto tempo a mexer no onze e a fazer entrar Bruno César e Nélson Oliveira?
Em cinco minutos poderiam fazer o quê?
Esta derrota, para além de permitir a aproximação de Porto (essencialmente) e Braga, poderá deixar marcas?
Só lá mais para a frente se verá.
Volto ao que tinha aqui escrito na passada semana - nas derrotas é que se vê a fibra dos campeões.
Nas vitórias é tudo muito fácil.
Quando os problemas surgem é que se vê quem tem fibra e raça.
Têm a palavra os jogadores e a equipa técnica do Benfica.
Uma última observação - a equipa do Benfica, os jogadores mais utilizados, parecem-me algo desgastados.
É só impressão minha?

9 comentários:

  1. Concordo com a sua análise. Os próximos dois jogos (Académica fora e Porto em casa) dirão se o Benfica tem estaleca para se aguentar na frente e vencer o campeonato.

    ResponderEliminar
  2. E se o Porto tem estaleca para lá chegar acima, VICI.
    E é melhor não esquecer o Braga.
    Vêm de pantufas, ninguém os ouve, mas estão em cima do Porto (3 pontos) e do Benfica (5 pontos).
    Isto está emocionante!!

    ResponderEliminar
  3. É verdade. O Benfica desceu à terra e imediatamente o grande rival ganhou esperança depois duma fase em que esteve muito murcho. O Benfica jogou muito mal e não teve sorte, logo dificilmente ganharia o jogo. Acresce-se a isso o facto de Jorge Jesus ter mexido na equipa já tarde, muito tarde.

    O Vitória de Guimarães não está a ssim tão mal quanto parece. O Rui Vitória teve vida complicada no início, mas vê-se que a equipa já assimilou os seus métodos e está a jogar bem. A prova disso é que esta foi a terceira vitória consecutiva e a equipa está solidamente em sexto. Ainda não há muito tempo atrás foi o Benfica que derrotou o Guimarães para a Taça da Liga.

    ResponderEliminar
  4. FireHead,
    O Benfica, e o Jorge Jesus, tiveram um dia mau.
    Acontece a todos.
    Até aos colossos Real Madrid e Barcelona, as melhores equipas, com os melhores jogadores e treinadores da actualidade.
    Ficou competitiva a Liga.
    Com o Benfica e Porto em grande luta e o Braga a espreitar.
    Está bonita a festa!!

    O Vitória de Guimarães tem ali gente que é um óptimo exemplo de profissionalismo.
    Em vez de protestarem por causa da situação complicada em que se encontram, meteram mãos à obra e vão subindo na classificação.
    Gosto de gente assim.

    ResponderEliminar
  5. Na última época, renovaria a esperança, mas com Vítor Pereira, só espero que não levemos 5 daqui a duas semanas na Luz.

    ResponderEliminar
  6. Nem mais, Carlos!!
    E o Vítor Pereira está a colocar as fichas todas nos dois jogos na Luz (campeonato e Taça da Liga).
    Ele acha que, se ganhar esses dois jogos, ganhou a época.
    Esperemos que não leve duas valentes coças.

    ResponderEliminar
  7. Ontem quando falava com o meu querido avô, estabelecmos o seguinte diálogo:
    Avô:"Então filha, já viste muitos caretos?"
    Catarina:"O mais feio de todos vi-o ontem no espelho depois de evr o Benfica perder em Guimarães!"
    Avô: "Nem vale a pena falar de coisas tristes! Que derrota mais consentida!"
    Catarina: "Maso Guimarães jogou bastante bem!"
    Avô: "Se jogou ou não, não sei que não vi o jogo! Acabei de ver o golo e foi muito consentidinho!"

    O meu avô já não vê muito futebol, enerva-se muito, o meu pai também não, o meu irmão vê, até que as cabeças dos dedos lhe sangrem... Eu... Já tenho ficado com dores de estômago a ver jogos!

    Mas fiquei tranquila na segunda, a vitória do Guimarães foi justa, foi limpa! E os adeptos são um mimo, pois os festejos foram gritando pelo seu Guimarães ao invés de gritando insultos ao SLB situação recorrente e que me enerva!

    Enfim... Tudo em aberto como já tinha referido anteriormente Até ao lavar dos cestos é vindima.

    ResponderEliminar
  8. Catarina,
    As saudades que eu já tinha dos seus comentários!!!
    Dê um grande abraço ao seu avô e, como tão bem refere, "Até ao lavar dos cestos é vindima."

    Também gosto de ver apoiar equipas.
    Detesto ver, e ouvir, insultar os adversários.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Catarina,
    As saudades que eu já tinha dos seus comentários!!!

    .
    .
    .
    .
    .
    Babando-me...

    Descaradamente!* :D

    ResponderEliminar