16 de dezembro de 2010

A vez dos novos

Mais um jogo sem perder, mais um jogo a ganhar, mais alternativas testadas, um novo sistema, novos jogadores.
E cinco vitórias em seis jogos na Liga Europa.
Só o empate com o Besiktas destoou.
A vitória de ontem (3-1) é importante em termos anímicos e estatísticos.
Mas era esperada.
O CSKA é uma equipa muito débil, em constante convulsão interna.
Qualquer outro resultado, que não fosse a vitória do Porto, seria uma enorme surpresa.
Também já se esperava que André Villas-Boas aproveitasse o jogo de ontem para testar alternativas.
Quer em termos de jogadores, quer mesmo em termos de sistema de jogo.
E assim foi.
Otamendi terá ontem conquistado o lugar no centro da defesa em detrimento de um demasiado irregular Maicon.
Fucile demonstrou que é sempre uma grande opção para o lado direito da defesa.
Rúben Micael reclama mais oportunidades.
Já Souza, apesar da atenuante de uma deficiente condição física, ainda não percebeu muito bem o que se exige a um jogador naquela posição (número "6") no futebol europeu.
Ou altera a sua atitude, ou terá grandes dificuldades em entrar naquele meio-campo.
Lá à frente, Walter fez dupla com Falcao (falhou um penálti e não conseguiu marcar em todos os jogos da Liga Europa) e continua a dar a ideia que é uma boa alternativa.
Quer no sistema 4/4/2, quer no tradicional 4/3/3.
E falta James.
O puto ouviu o ralhete de Villas-Boas e voltou a jogar muito.
Como "10", enquanto o esquema foi o 4/4/2.
Como extremo, quando se passou ao 4/3/3.
Em suma, tudo azul no reino do Dragão.
Só falta o jogo de Paços de Ferreira para terminar o ano sem derrotas.
E com Villas-Boas a assumir agora abertamente o desejo de conquistar a Liga Europa.
Não será fácil.
Mas é bem possível.
Nas bolsas de apostas, o Porto aparece em 2º lugar, logo a seguir ao Manchester City, no lote dos favoritos a vencer a prova.


Resultados:

GRUPO D

Dínamo Zagreb-PAOK, 0-1
(Salpingidis, 60m)

Club Brugges-Villareal, 1-2
(Kouemaha, 28m); (Rossi, 30 e 34m, gp.)

GRUPO E

AZ Alkmaar-BATE Borisov, 3-0
(Sigthorsson, 7 e 84m; Maher, 86m)

Dínamo Kiev-Sheriff, 0-0

GRUPO F

Sparta Praga-CSKA Moscovo, 1-1
(Kadlec, 44m); (Dzagoev, 15m)

Lausanne-Palermo, 0-1
(Muñoz, 84m)

GRUPO J

Karpaty Lviv-PSG, 1-1
(Fedetskyy, 45m); (Luyindula, 39m)

Sevilha-B. Dortmund, 2-2
(Romaric, 31m; Kanouté, 35m); (Kagawa, 4m; Subotic, 49m)

GRUPO K

Nápoles-Steaua Bucareste, 1-0
(Cavani, 90m)

Liverpool-Utrecht, 0-0

GRUPO L

F.C. PORTO-CSKA Sófia, 3-1
(Otamendi, 23m; Ruben Micael, 55m; James Rodríguez, 90m); (Delev, 48m)

Besiktas-Rapid Viena, 2-0
(Quaresma, 32m; Ernst, 45m)

Apurados:

No total já estão apuradas 21 equipas, além das oito que vêm da Liga dos Campeões: Villarreal, Sparta Praga, Dínamo Kiev, Besiktas, PSG, Liverpool, Manchester City, Lech Poznan, Bayer Leverkusen, Sporting, PSV Eindhoven, Metalist, Estugarda, Young Boys, Zenit S. Petersburgo, F.C. Porto, CSKA Moscovo, BATE Borisov, PAOK, Sevilha e Steaua.  

Sem comentários:

Enviar um comentário