8 de dezembro de 2010

A dois minutos da total humilhação

O Benfica esteve a dois minutos da total humilhação, da eliminacão precoce das competições europeias.
Valeu o golo do Lyon (outra desilusão), a empatar o jogo em França, para colocar os benfiquistas na Liga Europa.
Mas sem o estatuto de cabeça-de-série.
Num dos grupos mais fracos desta edição da Champions, o Benfica teve uma prestação pobre, muito pobre mesmo.
Depois da derrota de ontem (1-2) na Luz, sobram algumas certezas.
Desde logo, o facto de esta equipa ser muito inconstante.
Quantas vezes ganhou o Benfica dois jogos seguidos nesta época?
Mais, a certeza que há um grande défice de qualidade neste plantel.
Especialmente naquele meio-campo.
Javi Garcia (grande época com Ramires ao lado; sozinho é fraco), Ruben Amorim, Carlos Martins e César Peixoto, formaram um meio-campo mesmo mauzinho.
Jorge Jesus corrigiu ao intervalo.
Mas não melhorou muito.
E chega nova certeza - pelo menos para já, as contratações milionárias de Gáitan, Salvio e Jara não trouxeram nada de novo ao Benfica.
Ainda não se adaptaram ao jogo da equipa e às exigências do futebol na Europa?
Não surpreende assim que o futebol do Benfica seja previsível, enfadonho, que falte confiança a jogadores e adeptos.
Cada vez mais.
Precisamente o contrário do que sucedeu na época passada.
Vistas as coisas assim,  não supreende mais esta derrota.
Desta vez perante um Schalke que é uma equipa pouco mais que vulgar.
Valeu o golo do empate do Lyon (2-2) frente ao Hapoel, golo de Lacazette, o novo "amigo" do Benfica, a dois minutos do fim, para o Benfica seguir para a Liga Europa.
Mas, já que se falou em certezas, aqui vai mais uma - se o Benfica quer fazer boa figura na Liga Europa tem que ir às compras no Natal.
E não pode falhar nas escolhas.


Resultados e apurados:

Grupo A

Twente-Tottenham, 3-3
(D. Landzaat, 22m, g.p.; Rosales, 56m; Chadli, 64m); (Wisgerhof, 12m, p.b.; Defoe, 47m e 59m)

Werder Bremen-Inter, 3-0
(Pröd, 39m; Arnautovic, 49m; Pizarro, 88m)

1º Tottenham; 2º Inter; 3º Twente; 4º Werder Bremen

Grupo B

Benfica-Schalke, 1-2
(Luisão, 87m)(Jurado, 20m; Howedes, 81m)

Lyon-Hapoel Tel Aviv, 2-2
(Lisandro, 62m; Lacazette, 88m) (Sahar, 67m; Zahavi, 69m)

1ºSchalke 04; 2º Lyon; 3º Benfica; 4º Hapoel Tel Aviv

Grupo C

Bursaspor-Rangers, 1-1
(Yildirim, 79m) (Miller, 20m)

Manchester United-Valência, 1-1
(Anderson, 62m) (Hernandez, 32m)

1º Manchester United; 2ºValência; 3º Rangers; 4º Bursaspor

Grupo D

Barcelona-Rubin Kazan, 2-0
(Fontàs, 51m; Victor Vásquez, 83m)

FC Copenhaga-Panathinaikos, 3-1
(Vingaard, 26m, Grankjaer, 50m, g.p.; Cissé, p.b., 73m)(Kante, 90m)

1º Barcelona; 2º Copenhaga; 3º Rubin Kazan; 4º Panathinaikos

2 comentários:

  1. Só hoje soube o resultado e os riscos que o SLB correu de ser corrido da Europa. Torço sempre pelas equipas portuguesas e fico satisfeito pelo desfecho, mas espero que os benfiquistas aprendam a ser mais humildes, reconheçam as suas insuficiências e a superioridade dos adversários internos, sem estarem constantemente a fazer alusões à fruta. Isso só os engrandeceria, mas a cegueira clubística encaminha-os para a irrelevância total.

    ResponderEliminar
  2. Comungo desse sentimento Carlos.
    A treta da conversa da fruta e quejandos já tresanda.
    Até porque, mesmo nesse aspecto particular, ninguém pode atirar pedras.

    ResponderEliminar