9 de dezembro de 2010

A missão era mesmo impossível


Aconteceu o que se esperava - o Braga não conseguiu o milagre de ganhar por quatro golos de diferença na Ucrânia.
Nem o Arsenal se deixou surpreender pelo Partizan em Londres.
A derrota em Donetsk (2-0) não belisca uma participação digna do Braga nesta sua estreia na Liga dos Campeões.
Nove pontos conquistados, o melhor dos terceiros classificados, doze milhões de euros em caixa, a exposição da equipa e dos seus jogadores na Europa, a passagem à Liga Europa com estatuto de cabeça-de-série, a discussão da possibilidade de apuramento na Champions até ao último jogo.
Exigir mais que isto aos minhotos seria injusto.
Ontem, num estádio onde o Shakhtar já não perde há mais de dois anos, o Braga foi pouco mais que inofensivo.
Mas os ucranianos também estiveram longe de massacrar os minhotos.
Aliás, só conseguiram desbravar o caminho para a vitória quando Domingos arriscou tudo no intuito de ganhar o jogo e desguarneceu a sua rectaguarda.
Como dizia Domingos antes da viagem para Sevilha, ainda na pré-eliminatória da competição, o presidente não colocou como objectivo da época ganahar a Liga dos Campeões.
A estreia foi digna.
Que continue a ser assim também a presença na Liga Europa, a competição que vai agora juntar os quatro representantes portugueses.

Resultados e classificações:

Grupo E

Bayern-Basileia, 3-0
(Ribéry, 35 e 50; Tymoschuk, 37)

CFR Cluj-Roma, 1-1
(Traoré, 88) (Borriello, 21)

Bayern (1º); Roma (2º); Basileia (3º); Cluj, (4º)

GRUPO F

Marselha-Chelsea, 1-0
(Brandão, 81)

Zilina-Spartak Moscovo, 1-2 (a decorrer)
(Majtan, 48) (Alex, 54; Ibson, 61)

Chelsea (1º); Marselha (2º); Spartak (3º); Zilina (4º)

GRUPO G

Milan-Ajax, 0-2
(De Zeeuw, 57; Alderweireld, 66)

Real Madrid-Auxerre, 4-0
(Benzema, 12, 72 e 88; C. Ronaldo, 49)

Real Madrid (1º); Milan (2º); Ajax (3º); Auxerre (4º).

GRUPO H

Arsenal-Partizan, 3-1
(Van Persie, 30 g.p.: Walcott, 72; Nasri, 78) (Cleo, 52)

Shakhtar Donetsk-Sp. Braga, 2-0
(Rat, 78; Luiz Adriano, 83)

Shakhtar (1º); Arsenal (2º); Sp. Braga (3º); Partizan (4º)


APURADOS:

Champions:

Tottenham, Inter, Schalke, Lyon, Manchester United, Valência, Barcelona, Copenhaga, Bayern Munique, Roma, Marselha, Chelsea, Real Madrid, Milan, Shakhtar e Arsenal.


Liga Europa:

Twente, Benfica, Rubin Kazan, Rangers, Basileia, Spartak, Ajax e Sp. Braga.

2 comentários:

  1. Bem, o Paciência fez tudo o que estava ao seu alcance, era muita fruta para uma equipa só.
    Veremos agora na Liga Europa se consegue dar a volta.
    É bom que assim seja, pois clubes como o Braga precisam de mais rotina, mas vão lá.
    Um abraço desportivo.
    PS Já o Benfica Jesus anda à nora que até o Filipe Vieira está perdendo a Paciência.

    ResponderEliminar
  2. O Braga portou-se bastante bem.
    Não era lícito exigir mais à equipa.
    Já o Benfica....

    ResponderEliminar