19 de agosto de 2010

Carlos, o loiro

Carlos era loiro, estúpido e muito tímido, mas arranjou uma namorada num dia de inspiração.

     Um dia, saíram de carro para um passeio pela Costa da Caparica.

     Depois de andarem alguns kms, o Carlos ganhou coragem e pôs a mão nas pernas dela.

     E ela disse:   Se quiseres, podes ir mais longe...

     Animado, Carlos acelerou, engatou a quinta e foi até ao Algarve...

4 comentários:

  1. É sobre as águas do mar serenas
    que refletimos e choramos
    aliviando as nossas penas
    sobre tudo o que amamos

    É a vóz triste que sentimos
    quando só nos encontramos
    é o amor pelo qual nos iludimos
    na terra que abandonamos

    Esse Carlos que loiro era
    só sabia acelerar
    talvez tivesse o mar à sua espera
    e la, na embarcação, então gozar.

    É perigoso ao conduzir-se
    andar mudanças noutra caixa
    ainda acabam por virem-se
    e enfeixaim-se numa racha

    ResponderEliminar
  2. Contaram-me que a viagem acabou em Ayamonte, onde foram comprar caramelos Solano

    ResponderEliminar
  3. O tipo entusiasmou-se mesmo!!!
    Um abraço

    ResponderEliminar