22 de agosto de 2010

Dia de goleadas

O Barcelona goleou o Sevilha (4-0) e conquistou a Supertaça em Espanha.
Uma exibição de sonho de Lionel Messi, autor de um hat trick, destroçou um Sevilha que deixou transperecer a ideia de ser uma equipa com algumas fragilidades defensivas.
Guardiola recuperou uma grande parte dos habituais titulares e a equipa do Barcelona conquistou com naturalidade o primeiro troféu da época conseguindo virar o 3-1 da primeira mão.
Em Inglaterra, o destaque vai inteirinho para duas goleadas pelos mesmos números (6-0).
A primeira, obtida pelo Chelsea frente ao Wigan.
Os londrinos têm uma equipa fantástica, com um poderio ofensivo tremendo, funcionam como um rolo compressor, possuem jogadores técnica e fisicamente muito poderosos.
Tudo características que fazem da equipa comandada por Ancelloti a favorita a reconquistar o título conseguido na época passada.
Duplo bis, de Anelka e Kalou, e golos de Malouda e Benayoun a selarem mais uma goleada dos blues.
Diferente, a equipa do Arsenal é também uma máquina de jogar futebol.
Os meninos de Wenger são senhores de uma técnica fantástica, por vezes parece que jogam a passo, para, de repente, acelerarem o jogo e destroçarem os adversários.
Pelo meio, vão mostrando prazer em tratar a bola com mestria, em exibir uma habilidade nada comum.
E goleiam.
Ontem com golos de Walcott (3), Arshavin, Diaby e do internacional marroquino Chamakh.
Em Itália, o Inter completou a colecção de troféus, conquistando a Supertaça de Itália perante a Roma (3-1) .
A jogar com o mesmo onze que Mourinho utilizou na final da Champions da útima época, Rafa Benitez conquistou o seu primeiro título enquanto treinador do Inter.
A Roma marcou primeiro (golo de Riise a passe de Totti), mas os milaneses viraram o jogo com golos de Pandev e Eto'o (2).
E o Inter completou uma bela colecção - campeonato, taça, Champions e agora a Supertaça italiana.




Sem comentários:

Enviar um comentário