9 de dezembro de 2011

FADISTAS DE BELGRADO CANTAM FADO

Depois de termos assistido à consagração do fado como património imaterial da UNESCO, uma curiosidade muito interessante.



7 comentários:

  1. Imitacões!
    Umas mais perfeitas que as outras!
    Em Veneza comprei uma “Coach” na rua... Aqui comprei uma numa loja Coach.
    Nem sempre gosto de imitações! : )

    ResponderEliminar
  2. Catarina,
    Isto é mais uma curiosidade.
    Já ouvi fado cantado por uma japonesa, tocado no violino por uma polaca.
    Agora, cantado por um grupo de Belgrado.
    Uma curiosidade que prova a universalidade de um género que, tantas vezes, temos a mania de confinar à fronteiras de Portugal.

    ResponderEliminar
  3. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Por este andar qualquer dia temos algum ucraniano a cantar alentejano rsrsrs.
    Este é fado dos alentejanos.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro
    Creio que não devemos chamar imitação ao que acabamos de ouvir. Para mim trata-se do reconhecimento da importância do Fado. Eu chamo-lhe "recriação".
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. E porque não, Amigo Cambeta?
    Eu fico contente de ver esta divulgação do fado.

    Rodrigo,
    Inteiramente de acordo.
    Tente encontrar a japonesa que canta fado e a polaca que toca fado no violino.
    São maneiras diferentes de interpretar o fado.
    Cópia é algo de muito diferente.

    Aquele abraço a ambos

    ResponderEliminar
  6. Uma curiosidade interessante!
    Bjs. :)

    ResponderEliminar
  7. Como é óbvio não chega aos calcanhares do nosso Fado nem da nossa Amália, as quanto a mim não deixa de ser interessante ver que há quem ame de tal modo o Fado, o nosso querido Fado, ao ponto de tentar interpretá-lo!
    É como Bossa Nova, já existe Bossa Nova interpretado em Inglês, é bonito, mas fica aquém do cantado em Português do Brasil!*

    ResponderEliminar