18 de maio de 2011

Loira em Luanda


Uma loira chegou ao hotel em Luanda, e como estava muito calor, ela abriu a janela. Só que começaram a entrar vários mosquitos.

Então, ela ligou para a recepção e reclamou:

- Boa noite, estou com muito calor e com a janela aberta vários mosquitos entraram no meu quarto e estão-me a incomodar.

- Se a Senhora desligar as luzes do seu quarto, eles irão embora, disse-lhe o recepcionista.

Ela fez o que ele disse e realmente eles foram embora.

Depois de um tempo, começaram a entrar vários pirilampos, e então ela tornou a ligar para a recepção a reclamar.

E o recepcionista perguntou:

- Mas o que foi agora?

Ela responde:

- Não resolveu nada! Os mosquitos voltaram com lanternas

8 comentários:

  1. Na adolescência, vá-se lá saber porquê, era doido por loiras, Catarina.
    Agora, não há chinesas loiras:))) e eu sou casado e fiel, a loucura atenuou-se.

    ResponderEliminar
  2. Caro Pedro
    Antes de ler mais esta excelente anedota, estava "irritado" reflecti isso no post que publiquei. Agora com duas boas gargalhadas graças à sua anedota as coisas estão melhores, apesar de chover torrencialmente.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Um mosquito de lanterna deixa qualquer um bem disposto, Rodrigo :)))
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Os pirilampos não só são vistos pelas loiras como mosquisto com lanterna, mas por muitos parolos.
    Um abraço amigo Pedro Coimbra

    ResponderEliminar
  5. Mosquitos com lanternas, Carlota.
    Uma praga terrível em qualquer parte :)))

    ResponderEliminar