15 de maio de 2011

Final da Liga Zon Sagres (Porto invicto, Sporting em terceiro Nacional na Liga Europa). Manchester United campeão em Inglaterra. Manchester City ganha a Taça de Inglaterra


A última jornada da Liga Zon Sagres confirmou o percurso excepcional do Porto, o terceiro lugar do Sporting, a vaga na Liga Europa do Nacional da Madeira.
As descidas da Naval e Portimonense já se conheciam desde a passada semana.



Na Madeira, o Porto fechou com uma vitória (2-0) um percurso que André Villas-Boas qualificou de "irrepetível".
Não iria tão longe.
Mas que é difícil de igualar, ainda mais de ultrapassar, convenhamos que é.
27 vitórias e 3 empates; 73 golos marcados para 16 sofridos; os dois melhores marcadores da Liga (Hulk e Falcao); a maior distância pontual de sempre para o segundo classificado (21 pontos).
São números arrasadores.
Conseguidos por uma equipa que apresentou uma panóplia de soluções para todos os problemas que não se antevia no início da prova.
Uma característica que se viu novamente ontem no Estádio dos Barreiros.
André Villas-Boas fez a gestão do plantel a pensar na Liga Europa.
Mais uma vez, quem foi chamado respondeu em grande.
E esse foi um dos grandes segredos deste Porto.
Uma forte motivação (constante) de todo o plantel.
Mesmo de quem jogava menos vezes.
Sem deslumbrar, o Porto conseguiu a 27ª vitória na prova e fechou o campeonato em grande.
Seguem-se duas finais, mais dois grandes desafios, dois grandes objectivos, naquela que pode ser uma época excepcional, histórica.
Tudo sob o comando de um garoto de 33 anos que insiste em dizer que não é nada de especial e que entrega constentemente o protagonismo aos seus jogadores.
Na constante comparação com Mourinho, aí está uma grande diferença.



Se a manutenção da invencibilidade do Porto era uma das grandes dúvidas nesta última jornada, a maior era saber qual seria a equipa a ocupar o terceiro lugar.
O Sporting conseguiu ganhar em Braga e, com essa vitória, conquistar o tal último lugar do pódio.
O lugar que permite aos leões começar a época mais tarde e não ter que jogar a pré-eliminatória da Liga Europa.
Num jogo bem disputado, Domingos tentou tudo para alcançar o terceiro lugar, não se precupando muito com a final da Liga Europa da próxima quarta-feira.
No entanto, foi Djaló, um jogador de alma renovada, que acabou por resolver o jogo e a luta pelo terceiro lugar.
 O Braga jogou desconcentrado, claramente a pensar a na final da Liga Europa (os jogadores, não o treinador) e pagou caro esse erro.
O Sporting, no final de uma época medonha, conseguiu o objectivo minímo que tinha fixado.
O único possível de há muito tempo a esta parte.

A jogar apenas para cumprir calendário, e por uma questão de prestígio, o Benfica empatou em casa (3-3) com a União de Leiria.
Um jogo descontraído das duas equipas, que deu para alguns disparates, para a possível despedida de Nuno Gomes e Fábio Coentrão do Estádio da Luz.
E que deu para ver muitos golos e um espectáculo interessante.
Entre duas equipas que vão mudar muito a face no defeso.
O Benfica, foi Luís Filipe Vieira que o confirmou, vai ter muitas alterações no plantel.
Em Leiria haverá uma nova equipa técnica, novo director para a área do futebol, novos jogadores.

Nos restantes jogos, destaque óbvio para o Nacional da Madeira que consegue a última vaga europeia com a vitória em Aveiro  por 2-0.

Balanço final:

Campeão - Porto.
Liga dos Campeões - Porto e Benfica.
Liga Europa - Sporting, Braga, Guimarães e Nacional.
Descem de divisão - Naval e Portimonense.

Em Inglaterra, o Manchester conseguiu o 19º título.
Um golo de Rooney, na conversão de um penálti, colocou um ponto final nas dúvidas que ainda pudessem existir acerca de mais um título do Manchester United.
United que passa a ser o clube mais titulado em Inglaterra.
E com 12  dos 19 títulos alcançados sob o comando de Alex Ferguson.


Ainda em Inglaterra, os vizinhos do City, depois de tantos milhões gastos, conseguem um troféu.
A Taça de Inglaterra, com um golo de Touré.
Muito pouco para quem gastou a impressionante quantia de 400 milhões de euros desde que o clube foi adquirido pelos petro-dólares.

Sem comentários:

Enviar um comentário