31 de outubro de 2012

Orégãos provocam o 'suicídio' das células do cancro da próstata



Uma erva aromática demonstrou um efeito desconhecido no cancro da próstata. Um estudo conduzido nos EUA demonstrou que os orégãos levam as células cancerígenas ao 'suicídio'. Estará a cura contra este tumor no topo de uma pizza? 
 Um estudo conduzido na Long Island University (LIU), nos EUA, confirmou que os orégãos conduzem as células do cancro da próstata ao 'suicídio', abrindo a porta ao desenvolvimento duma terapia contra este tumor. A descoberta seguiu-se a outras investigações que já tinham demonstrado que as pizzas ajudam a reduzir as hipóteses de contrair cancro, efeito que era atribuído a uma substância no molho de tomate.
 No caso dos orégãos, a substância que provoca o 'suicídio celular' é o carvacrol. A equipa liderada por Supriya Bavadekar, professora de farmacologia, tem realizado testes em células cancerígenas e os resultados evidenciam a potencialidade desta erva aromática ser transformada na base dum fármaco anticancerígeno. "Sabemos que os orégãos possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, mas os seus efeitos nas células cancerígenas podem dar-lhe uma utilidade completamente nova", explicou Supriya Bavadekar, cuja equipa procura agora ompreender o processo como o carvacrol atua sobre as células afetadas. 
 O facto da substância se encontrar numa erva aromática leva ainda os investigadores a anteciparem uma rápida e eficaz absorção por parte do organismo: "uma grande vantagem é que os orégãos são muito usados para temperar a comida e são reconhecidos como seguros nos EUA. Portanto, esperamos que esse facto possa diminuir o risco de efeitos tóxicos graves".*
 "Se o estudo continuar a produzir bons resultados, esta super especiaria pode representar uma terapia muito promissora para quem sofre de cancro na próstata", complementou a professora da LIU, durante a apresentação da investigação na Experimental Biology 2012.

12 comentários:

  1. Depois desta notícia vou já tomar um pequeno almoço "recheado" e "temperado" com a dita erva aromática. lololololololol=)))
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Eu tenho papado ao pequeno-almoço, almoço, lanche e jantar.
    Quando há ceia.....orégãos, ora pois não! :)))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  3. No refeitório da Empresa onde trabalho vou passar a EXIGIR orégãos. Até no meu sumo vou pôr orégãos. lolololololol=)))

    ResponderEliminar
  4. Vou passar a incluir órgãos, perdão, orégãos em todas as refeições e no intervalo das mesmas.

    Uma questão: não será uma ideia criada no estado norte americano de
    Oregon?

    Um abraço e muitos orégãos.

    ResponderEliminar
  5. Não custa nada tentar, António.
    Eu até gosto de oregaos e tudo....
    Independentemente do Estado, vai de papar oregaos!!

    ResponderEliminar
  6. Também já li por aí que fazer sexo ou masturbar-se também previne o cancro da próstata. Será verdade? Até a cebola e o alho têm substâncias anti-cancerígenas, mas a verdade é que não deixa por isso de haver cada vez mais casos de cancro...

    ResponderEliminar
  7. Eu encaro as coisas assim, FireHead - comer orégãos não faz mal.
    Pelo contrário.
    E eu até gosto.
    Assim sendo, está de papar orégãos com fartura!

    ResponderEliminar
  8. As curas estão onde menos se esperam e se há muitas plantas com propriedades terapêuticas porque não os orégãos? É importante relembrarmos sempre que as plantas não actuam por obra do divino espirito santo como muita gente pensa, as plantas têm uma composição química como qualquer medicamento de síntese química, passível por isso de provocar alterações no nosso organismo, têm propriedades e têm também efeitos adversos que não devem ser desprezados só porque "ah são plantinhas é natural, não faz mal"
    quanto ao texto em si achei interessantíssimo, sabe que o sucidio celular já é uma coisa que as células fazem naturalmente, ou suicidam-se ou uma espécie de brigada de outras células trata disso, é o normal, quando deixa de acontecer as células ficam maluquinhas e começam a multiplicar-se indiscriminadamente e perdem a sua especificidade ai é que se formam os cancros, eu sei que isto é um discurso muito "como explicar o que é um cancro a uma criança" mas muito genralisticamente falando é o que acontece, daí eles utilizarem o termo "suicidio".

    Este artigo deixou-me com vontade de agarrar nos meus apontamentos de oncobiologia :) Não o cancro não é uma coisa bonita, mas a bioquimica associada a estes processos é deveras interessante.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Mal nao fará de certeza, Catarina.
    E eu até gosto.
    Como tal.....

    ResponderEliminar
  10. Vou tentar que o meu marido os coma, pois ele tem cancer da prostata, com o PSA de 67,fez o tratamento de hormonoterapia por extração da testosrerona.
    Benditas ervinhas, ca em casa usam-se na salada de tomate.
    Vou tentar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laura Vieira,
      Como respondi à Catarina, mal não fará, de certeza.
      É eficaz?
      Isso confesso que não sei.
      Votos de melhoras para o seu marido

      Eliminar