16 de outubro de 2012

Mensagem do rei D. Carlos de Portugal

Não sou monárquico, nem especial admirador da figura de D. Carlos, muito embora lhe reconheça grandes qualidades humanas e pessoais. 
No entanto, não resisto a publicar esta pequena mensagem, um sinal claro de outros tempos e de outra gente.


16 comentários:

  1. Remeta-a, com carácter de urgência, ao Palácio de Belém e a São Bento!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Já imaginou o que iriam chamar a D. Carlos se eu fizesse isso, Ricardo? :)))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  3. Estou com o Ricardo! Façam chegar a S. Bento! Mas cegos como eles andam...

    ResponderEliminar
  4. E se dá uma síncope aos tipos depois de ver isto, Feliz?
    Pode ser problemático.... :)))

    ResponderEliminar
  5. O Dias Ferreira do Sporting? XD

    Bah, vocês acham isso grande coisa? E de onde é que provinha a fortuna da família real??

    ResponderEliminar
  6. Quem me dera que este exemplo fosse seguido hoje em dia, FireHead, quem me dera!

    ResponderEliminar
  7. Não há dúvida que ser Rei era outra coisa! :)))
    Sou republicana mas as memórias dos reis atraem-me imenso.
    Outro achado. :))
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Posso roubar esta imagem para um amigo?

    ResponderEliminar
  9. Este governo, pelo contrário, aumentou os seus próprios vencimentos e aumentou as ajudas de custo e despesas de representação.
    Bem prega Frei Tomás...

    ResponderEliminar
  10. ana,
    D. Carlos, como muita gente diz, teve um grande azar na vida- era Rei.
    Por favor, leve esta e todas as imagens de que gostar.
    Beijinho


    Carlos,
    Oligarquias diferentes.
    Sem sucessão dinástica e sem sangue azul.
    Mas anda lá perto.

    ResponderEliminar
  11. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Os actuais políticos deveima seguir o exemplo desse grande Rei que foi D. Carlos e que miha extremosa mãe ainda conheceu pessoalmente em Vila Viçosa.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  12. O exemplo não vingou, Amigo Cambeta.
    Perdeu-se no tempo, em boa verdade.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  13. É pena que não haja mais exemplos assim... Nos reinados de hoje em dia!

    ResponderEliminar
  14. Os "monarcas" actuais, sem sangue azul, comportam-se de maneira bem diferente, Catarina.

    ResponderEliminar