17 de outubro de 2012

Mais contas!!!


Passaram poucos meses desde a final do Europeu.
Um Europeu que mostrou ao Mundo uma selecção portuguesa forte, coesa, guerreira, com classe.
Inexplicavelmente, no apuramento para o Mundial de 2014, num grupo teoricamente acessível, a Selecção portuguesa transfigurou-se.
Para pior.
Dr. Jekill and Mr. Hyde.
Paulo Bento tinha deixado claro que queria que esta qualificação fosse o oposto da qualificação para o Europeu.
Uma qualificação rápida, simples, sem necessidade de calculadora, "sem espinhas".
Quatro jogos depois, o que é que vemos?
Portugal ganhou com sofrimento ao Luxemburgo, perdeu na Rússia e empatou sem glória com a Irlanda do Norte (117ª do ranking FIFA). Cumpriu com o Azerbaijão.
E, quatro jogos depois, deixou de ter qualquer margem de erro.
Pior, ficou dependente do erro de terceiros para poder sonhar com o apuramento para o Mundial que terá no lugar no Brasil.
Não tendo visto o jogo de ontem, não posso entrar em pormenores.
Posso afirmar o óbvio - depois de contas de somar e de "sumir", resultantes de crises económicas, aumentos de impostos, corte de benefícios fiscais e de subsídios, chegam agora mais contas - as do apuramento para o Mundial do Brasil em 2014.
E pergunto-me - com tantas contas, como é que os resultados escolares na disciplina de Matemática são tão fracos?!

20 comentários:

  1. Estimado Amigo pedro Coimbra,
    A TDM pelas 17.30 horas passa, em repitação esse jogo de empate.
    Os israelistas já tem a mesma pontução que Portugal 7 pontos, e desta vez Portugal ficará a ver o Brasil por um canudo.
    Não sei a razão por mais este desaire, e em casa, mas o Bento que é Paulo terá que muito que rezar, para poder ver o Pão de Açucar e o Cristo Rei.
    Como eu não vou em futebois, pois são eles que ganham as massas e não eu, me estou barimbando quem vai e quem fica.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Amigo Cambeta,
    Não gosto de ver jogos em diferido.
    Não há emoção nenhuma.
    Ainda acredito no apuramento.
    Mas vai ser complicado.
    Outra vez.
    Porquê?
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  3. Eu vi o jogo e foi mau. Apenas se salvaram os últimos minutos. Resta lutar pelo segundo lugar e disputar mais um playoff...

    ResponderEliminar
  4. Quando de fica sem margem de erro ao quarto jogo, e dependente dos erros de terceiros, a coisa fica preta, Hugo.
    Ainda falta muito tempo, muitos jogos.
    Mas, com Fabio Capello a treinar a Rússia, sabidão, experiente, matreiro, calculista, estou um bocado assustado.
    Ainda não atirei a toalha ao chão; mas estou assustado.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  5. Pedro,

    eu, confesso a minha falha, optei por ver o Espanha-França (1-1) e também a qualificação sul-americana para o Brasil 2014. Pelo que leio nas crónicas não perdi nada, e ainda bem, pois não confio nesta Selecção.

    O Pedro fala em classe, em classe, meu amigo? Meu caro, em meu entender, esta selecção peca por isso mesmo falta-lhe classe.

    Espero que vão ao Brasil 2014, quanto mais não seja para darem uma alegria aos nossos milhões de emigrantes a residirem nesse nosso País irmão.

    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  6. Não gosto de futebol mas gosto de ler as notícias de bastidores...e sem querer ferir as susceptibilidades de todos os "amantes" do mesmo, digo apenas que lamento que nas outras modalidades desportivas os cortes são elevados e para estes "barões da bola" e numa altura em que todos estamos com a "cabeça cheia"...deveriam era jogar dentro de portas e fechar a torneira dos milhões!

    E o Sr A...a...a...(Bento) que não tenha ilusões, porque a coesão de uma equipe não se consegue em meia dúzia de dias sobretudo quando a maioria dos jogadores jogam fora de portas e andam em imensos encontros e bem cansados.

    Enfim!

    ResponderEliminar
  7. Ricardo,
    O que é que se passou nestes quatro meses?
    Acho que ninguém pode colocar em causa que Portugal fez um excelente Europeu.
    Foi eliminado pela toda poderosa Espanha porque a bola bateu no ferro e não entrou (Portugal) e bateu no ferro e entrou (Espanha).
    O que é que aconteceu a partir daí?
    Pensaram, outra vez!!, que eram os maiores?
    Agora está muito complicado.
    Aquele abraço


    Fatyly,
    Este grupo de jogadores o que tinha de melhor era isso mesmo - ser uma equipa.
    O que é que aconteceu depois do Europeu para o Pepe falar em problemas para resolver dentro balneário?
    O que é feito da equipa que disputou, e bem, o Europeu?

    ResponderEliminar
  8. É caso para dizer "Keep calm que a apuramentos de calculadora na mão já nós estamos habituados" infelizmente... É que assim uma pessoa sofre!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. O Paulo Bento já fala no segundo lugar e no play off, Catarina.
    E ainda agora começou o apuramento.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. O jogo CEM de Cristiano Ronaldo foi executado SEM classe.

    Ainda bem que as homenagens aconteceram antes do jogo. 90 minutos depois e a FPF teria feito marcha atrás.

    Jogo medíocre - que generoso sou! - da selecção que dizem ser de todos nós.

    Quem disse que seria um grupo acessível deveria ser russo ou israelita.
    Portugal (selecção) está a demonstrar isso mesmo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Continuo a perguntar, António - o que e que aconteceu aquela equipa que jogou o Europeu? :(

    ResponderEliminar
  12. Nada de novo. A selecção reflecte fielmente a realidade portuguesa: o rosto da emigração, o show off e a crise.
    Está na hora de o povo português começar a olhar para outras modalidades desportivas onde Portugal é de longe muito melhor que no futebol, caso contrário afunda-se ainda mais na depressão. Olhe, não tarda muito está a começar o campeonato do mundo de futsal, na Tailândia...

    ResponderEliminar
  13. Para quem tem a criatura que se acha o melhor jogador do mundo e nada faz de positivo...já nada me surpreende, embora me entristeça

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  14. FireHead,
    Nao sou grande amante de futsal.
    Gostava de jogar, quando andava no Colegio.
    Nao gosto de ver.

    Entristece-me ver esta Selecção arrastar-se neste apuramento.
    Não estou a perceber o que se passa ali.


    São,
    Depois de ler, e ouvir, Pepe a dizer que há questões a resolver no balneário, confesso que fiquei curioso.
    E assustado também.

    ResponderEliminar
  15. O Pepe ainda não percebe bem o português...

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  16. Como não percebo nada de nada de futebol!
    Deixo o meu beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  17. Tão habituados a fazer contas e logo nos havia de cair em sorte um Gaspar que não as sabe fazer..

    ResponderEliminar
  18. Nisto dos apuramentos para as fases finais dos Europeus e Mundiais somos especialistas nestas coisas de manter o "coração nas mãos" até ao último minuto do último jogo ! Ninguém nos bate !
    ...Isto, é para não nos desabituarmos !
    Talvez haja algum espírito masoquista nestes jogadores, segundo dizem, os 5ºs (inacreditável), mais coisa menos coisa, do mundo ! :((
    .

    ResponderEliminar
  19. Também eu ainda acredito no apuramento, Pedro!!!

    Os alemães também não sabem o que aconteceu: depois de 4-0 o resultado contra a Suécia 4-4.

    Todos nós temos maus dias.

    ResponderEliminar
  20. Caro vieira calado,
    Eu pensei justamente nessa hipótese - o tipo estará a referir-se a uma possível reflexão, uma conversa no seio do grupo, no balneário?
    Coisa bem diferente de resolver questões no balneário.
    Aquele abraço e volte sempre, por favor


    Beijinho, Adélia!


    Carlos,
    É isso que me deixa completamente baralhado - como é que temos tão maus resultados na área da Matemática se estamos tão habituados a fazer contas?
    O Gaspar é mais contas de "sumir" :)))


    Rui,
    Se formos pelo ranking, eram os 5ºs e os 177ºs.
    Devia dar goleada.
    Deu caca.
    E agora estamos em muito maus lençóis.

    ematejoca,
    Não me passa pela cabeça que esta Selecção, estes jogadores, não estejam no Mundial.
    Era o que faltava!

    O jogo entre alemães e suecos foi daqueles épicos.
    Grande chapelada aos suecos que, a perder por 4-0, nunca desistiram

    ResponderEliminar