17 de outubro de 2012

Finalmente, os anos 90 (55)

8 comentários:

  1. Ao som diste SIR vou tomar o pequeno almoço:)

    Que maravilha...

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente, a canção surge na sequência de uma tragédia horrível (a morte do filho, caído da janela do prédio onde viviam) Fatyly.
    Mas é muito, muito, bonita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, eu sei...e acho que foi feita com todas as emoções porque como dizes e bem é muito, muito bonita!

      Eliminar
    2. Emociona profundamente ao ouvir, Fatyly.

      Eliminar
  3. Um música vinda das entranhas do seu criador (Clapton) para carpir uma mágoa que jamais se apaga do pensamento de um pai. :(

    Um abraço!

    P.S. - Amigo, fico sempre com uma lágrima no canto do olho quando ouço esta música!

    ResponderEliminar
  4. Aproprio-me, totalmente, do seu comentário, Ricardo.
    Arrepia ouvir Clapton e pensar no que motivou esta canção.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  5. Eu achava que era uma música romântica até saber da história que lhe estava associada, agora quando a ouço não consigo desassociar (esta palavra existe?) esta música do amor de um pai para com um filho. Comovente!

    ResponderEliminar
  6. Uma canção de amor, Catarina.
    Mas com uma base trágica, terrível.

    ResponderEliminar