FADISTAS DE BELGRADO CANTAM FADO

Depois de termos assistido à consagração do fado como património imaterial da UNESCO, uma curiosidade muito interessante.



Comentários

  1. Imitacões!
    Umas mais perfeitas que as outras!
    Em Veneza comprei uma “Coach” na rua... Aqui comprei uma numa loja Coach.
    Nem sempre gosto de imitações! : )

    ResponderEliminar
  2. Catarina,
    Isto é mais uma curiosidade.
    Já ouvi fado cantado por uma japonesa, tocado no violino por uma polaca.
    Agora, cantado por um grupo de Belgrado.
    Uma curiosidade que prova a universalidade de um género que, tantas vezes, temos a mania de confinar à fronteiras de Portugal.

    ResponderEliminar
  3. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Por este andar qualquer dia temos algum ucraniano a cantar alentejano rsrsrs.
    Este é fado dos alentejanos.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro
    Creio que não devemos chamar imitação ao que acabamos de ouvir. Para mim trata-se do reconhecimento da importância do Fado. Eu chamo-lhe "recriação".
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. E porque não, Amigo Cambeta?
    Eu fico contente de ver esta divulgação do fado.

    Rodrigo,
    Inteiramente de acordo.
    Tente encontrar a japonesa que canta fado e a polaca que toca fado no violino.
    São maneiras diferentes de interpretar o fado.
    Cópia é algo de muito diferente.

    Aquele abraço a ambos

    ResponderEliminar
  6. Uma curiosidade interessante!
    Bjs. :)

    ResponderEliminar
  7. Como é óbvio não chega aos calcanhares do nosso Fado nem da nossa Amália, as quanto a mim não deixa de ser interessante ver que há quem ame de tal modo o Fado, o nosso querido Fado, ao ponto de tentar interpretá-lo!
    É como Bossa Nova, já existe Bossa Nova interpretado em Inglês, é bonito, mas fica aquém do cantado em Português do Brasil!*

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares