1 de dezembro de 2011

Os feriados que vão ser abolidos, os que vão ser celebrados ao domingo, o meu avô Sá e a Páscoa


Se for aprovada a proposta do Governo de abolir alguns dos actuais feriados oficiais, e de celebrar outros ao domingo (entre os quais o 1º de Dezembro), doravante podemos utilizar para o feriado da Restauração a expressão que o meu avô Sá sempre utilizava relativamente à Páscoa.
Quando lhe perguntavam - "sabe em dia (era à data que se referiam, como é óbvio) é que se celebra a Páscoa este ano, Sr. Sá?", o meu avô invariavelmente respondia - "Não tenho a certeza. Mas, se não estou em erro, este ano a Páscoa celebra-se num domingo!! "

12 comentários:

  1. Ouvi-o dizer isto uma série de vezes, Gábi.
    Adorava aquele velhote.
    Que, infelizmente, partiu muito cedo.

    ResponderEliminar
  2. Curiosamente o Sr Sá levou-me a lembrar que, incrivelmente, o Natal volta a ser, este ano, em Dezembro ! Isto é que é teimosia !... rrsssss
    .

    ResponderEliminar
  3. Exactamente, Rui.
    É mesmo ser teimoso :)))
    E, em matéria de teimosia, não havia ninguém mais teimoso que o velho Sá.
    Teimoso, medricas e fiteiro.
    Um tipo excepcional.
    Que perdi muito cedo mas que nunca esqueci e nunca esquecerei.
    Aquele abraço

    Catarina,
    Não é que o meu avô nunca se enganou?? :)))
    Não sei se a Catarina sabe (já o referi aqui no blogue).
    O meu avô Sá é aquele velhinho adorável cuja fotografia está no tecto do quarto andar do Centro Comercial Fórum em Coimbra à frente do eléctrico que ele conduzia - o 7 do Tovim (ele é o mais pequenino de bigode).
    A foto é do grande e único Formidável.
    Conhece (o Formidável e a foto)?

    ResponderEliminar
  4. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Estarei como seu estimado avô, as dores se foram e agora os feriados, mas em boa razão não se justifica que o dia 1 de Dezembro seja feriado, os nossos hermanos sempre disseram que essa data ainda lhe estava na garganta e não era domingo.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  5. O nosso Governo está a pensar acabar com 4 feriados (quando se diz que eles pensam, a coisa já está mais do que programada e definida) e um deles vais ser o 1º de Dezembro.
    Ora bem... Eu por mim até estou a trabalhar, portanto já não o tenho. Para o próximo ano o dia 1 de Dezembro é ao Sábado. Será que vamos todos trabalhar nesse dia? Eu já trabalho por natureza, ou melhor trabalharei.
    Não sei se o Governo, o Sr. Presidente da República, a Assembleia da Republica, as Autarquias estão a trabalhar hoje... Duvido!
    Sei apenas que estou a contribuir para o pagamento dos seus salários. E os mesmos são elevados. Portanto exijo que eles trabalhem também, que acabem todos os feriados para eles (não só 4), e até os fins de semana. Pelo dinheiro e ajudas que eles recebem, eu trabalharei 365 dias por ano, 30 dias por mês, 7 dias por semana, 24 horas por dia. E não quero andar de Mercedes nem de BMW!

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Pedro
    Existe sempre a memória daqueles que partem mas que ficam para sempre e que sempre se recordam é com saudade e amor.
    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  7. Eu sou católico praticante e sou a favor da remoção de todos os feriados católicos porque o estado é laico. Abriria uma óbvia excepção para o Natal, que infelizmente é cada vez mais celebrado como uma festa pagã, já que a Páscoa calha sempre num domingo. Bastariam os feriados do dia 5 de Outubro e o 10 de Junho. O 25 de Abril não vale a pena, pois é lembrarmo-nos dum acontecimento que desgraçou a vida do país.

    ResponderEliminar
  8. Amigo Cambeta,
    A ideia não é abolir o feriado do 1 de Dezembro.
    É fetejá-lo no domingo seguinte.
    Parece-me adequado.
    Gosto de o ver de volta e em forma!
    Aquele abraço

    Filipe,
    Se é para ver "Sua Alteza Real o Sr. D. Duarte Pio" (sic) celebrar, francamente é melhor fazer isto aos domingos e não se perder um dia de trabalho por causa de fantochadas.
    Abraço

    Adélia,
    A memória do grande Sá nunca desaparecerá.
    Era um tipo fenomenal!!
    Beijo

    FireHead,
    Infelizmente, quase todos os feriados católicos são celebrados apenas como mais um dia para ir ao shopping.
    Até o Natal caminha nesse sentido, tem toda a razão.
    Do que não restam dúvidas é que o calendário de feriados tem que ser revisto.
    E esta proposta de celebrar alguns no domingo seguinte parece-me bastante equilibrada.

    ResponderEliminar
  9. Sei pois Pedro! Foi logo na altura que comecei a vir aqui ao blogue que publicou essa fotografia que está no Fórum! E eu até disse algo parecido com isto "quando voltar ao fórum Coimbra, vou olhar a fotografia do velhinho 7 e pensar para mim eu "conheço" o neto daquele senhor!"*

    ResponderEliminar
  10. Tem razão, Catarina.
    Eu é que não me lembrava.

    ResponderEliminar