Novidades acerca da reforma do sistema eleitoral nas Linhas de Acção Governativa?


Chui Sai On estará amanhã na Assembleia Legislativa para apresentar as Linhas de Acção Governativa (LAG) para o próximo ano e para começar a responder às questões dos deputados.
Já estamos habituados a ver as LAG seguirem o caminho seguro da ausência de grandes novidades.
Mais cheque, menos cheque; mais aumento, menos aumento; os temas são teimosamente os mesmos (combate à inflação, à especulação imobiliária, alteração de leis,...); e os resultados também.
Este ano, depois de ouvir as duas Associações mais poderosas de Macau (Operários e Moradores) a cavalgarem o tema da alteração do sistema eleitoral, estou convicto que vamos ter novidades nesta área.
Com esta estratégia, Operários e Moradores tentam ocupar uma parte do que é o terreno de eleição dos pró-democratas e, consequentemente, captar algum eleitorado que lhes tem vindo a fugir.
Simultaneamente, procuram também auxiliar o Executivo a introduzir o tema na discussão da governança de Macau.
Não acredito que Chui Sai On vá entrar em pormenores muito concretos acerca das alterações que estarão a ser preparadas.
Mas estou em crer que vai defintivamente consolidar o tema que Moradores e Operários tão solicitamente lançaram.
Sem esquecer os cheques, obviamente.

Comentários

  1. Caro Pedro,

    com ou sem cheques, venho desejar-lhe uma boa e proveitosa semana!

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  2. Ricardo,
    Haverá cheques.
    O Governo aqui tem tanto dinheiro que compra algumas consciências com uns cheques que vai dando regularmente.
    Vai haver cheques, vai haver aumentos, vai haver redução de impostos.
    E o meu povo gosta.
    O Orçamento do Governo não é afectado e fica tudo na tal da harmonia.
    Aquele abraço e boa semana também

    ResponderEliminar
  3. Pedro
    Que possam ficar mais bem servidos do que nós por estas bandas.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Assente no vício das pessoas pelo jogo, a riqueza do governo de Macau vai dando para deixar tudo com um sorriso na cara. Felizmente para os residentes no território, os chineses aprenderam com a lição de Xangai...

    ResponderEliminar
  5. Adélia,
    O FireHead, que conhece bem Macau, reflecete tudo no comentário dele.
    Tenta-se comprar as pessoas, o seu silêncio.
    Pode resultar temporariamente.
    Nunca indefenidamente.
    Não sou nada franciscano - gosto de dinheiro.
    Mas o dinheiro não é tudo.
    Nem é o mais importante.
    Beijo

    FireHead,
    Até um dia....
    Chegará o dia em que as pessoas perceberão que, para haver este dinheiro todo, muito mal distribuído, lhes venderam a cidade a retalho, lhes deram cabo de uma qualidade de vida que tinham, lhes estragaram o futuro dos filhos.
    E aí vai haver problemas.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares