23 de novembro de 2011

Perfeito como nos filmes


O Benfica está apurado para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões.
E com grandes possibilidades de ser o primeiro classificado do grupo (vai ser assim).

Há dias em que tudo corre bem, em que uma qualquer conjugação cósmica garante resultados perfeitos.
Para o Benfica, o dia (noite) de ontem foi assim.
O Benfica foi uma equipa adulta em Old Trafford.
Como o vem sendo nesta edição da Champions (que diferença relativamente a outros épocas!!)
Do outro lado, teve um Manchester United que está longe do fulgor recente.
Sir Alex Ferguson tem ali muito trabalho para fazer.
E vai jogar o apuramento para os oitavos-de-final à Suíça.
Em vantagem, mas sem quaisquer garantias de sucesso.
O Benfica, personalizado, sem receios (Artur, Aimar e Witsel foram fundamentais nesta postura), ainda beneficiou da estrelinha que acompanha os audazes.
Porque os golos nascem de lances fortuitos e aparecem em momentos cruciais do jogo (a abrir e quando o Manchester ameaçava crescer).
Com o 2-2 final, que garante vantagem no confronto directo com o Manchester, o apuramento ficou garantido.
E o primeiro lugar no grupo vai ficar garantido na última jornada com uma vitória sobre o débil Otelul Galati.
Prestígio e (muito!) dinheiro assegurados antes da conclusão de um grupo que tinha o Manchester como favorito.
Bravo!!



Outros resultados e ponto de situação:

Com seis apurados (Real, Bayern, Benfica, Milan, Barcelona e Inter), a Liga dos Campeões tem ainda dez vagas na segunda fase por atribuir.


Grupo A

Bayern-Villarreal, 3-1
Nápoles-Man. City, 2-1

Ponto de situação: Bayern apurado em primeiro. O Nápoles apura-se se fizer resultado idêntico ao do Man. City na última jornada, ou se os ingleses não ganharem. Os ingleses precisam de bater ao Bayern e esperar que os italianos não vençam o Villarreal.

Grupo B

CSKA-Lille, 0-2
Trabzonspor-Inter, 1-1

Ponto de situação: Inter apurado em primeiro. O Lille é segundo se vencer o Trabzonspor. Os turcos passam com uma vitória em França, ou um empate, desde que o CSKA não ganhe ao Inter. O CSKA ainda pode passar, vencendo em Itália e torcendo por um empate no outro jogo.

Grupo C

Man. United-Benfica, 2-2
Otelul-Basileia, 2-3

Ponto de situação: Benfica apurado. Será primeiro se ganhar ao Otelul ou, empatando, se também houver empate na Suíça. Man. United apura-se se não perder em Basileia. Os suíços qualificam-se com uma vitória.

Grupo D

Real Madrid-Dínamo Zagreb, 6-2
Lyon-Ajax, 0-0

Ponto de situação: Real Madrid é o primeiro. O Ajax só não será segundo se perder na última jornada e o Lyon golear em Zagreb, anulando um saldo de golos que é favorável aos holandeses (+3 para o Ajax, -4 para o Lyon).

11 comentários:

  1. Um grande jogo de futebol. Embora a parte final tenha sido algo sofrida, ante a pressão inglesa.

    Boa sorte para o jogo de hoje!

    ResponderEliminar
  2. VICI,
    A pressão do Manchester era natural e esperada.
    Mas o Benfica lidou muito bem com ela.
    Cresceu muito, nas provas europeias, esta equipa do Benfica!

    Para hoje, infelizmente, não prevejo nada de bom.
    O fim de um ciclo curto?
    Muito provável.

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh... Escolheu a mesma imagem do que eu! ;) Eu acho que o Artur merece ser destacado, continuo a achar que o nosso ponto fraco da última época é o forte desta ;) E o adepto sportinguista que estava lá no meio? ;)

    ResponderEliminar
  4. Catarina,
    Nestes dias não há, ou não deve haver, clubite.
    O Artur é um excelente guarda-redes.
    E transmite uma calma e tranquilidade enormes à equipa.

    ResponderEliminar
  5. Pedro,

    como sempre, fenomenal crónica da sua parte.

    Concordo com tudo e quero apenas acrescentar que...adoro bifes com melão!!! Gostos esquisitos tem este seu amigo insular, n´est ce pas? :DDD

    Abraço, caro amigo, estou atolado em trabalho!

    ResponderEliminar
  6. Um jogo em "plano inclinado" nos primeiros 17/18 minutos, período em que o Benfica deu um banho de bola aos senhores de Manchester (o United).
    Equilíbrio em determinada altura, golo, o primeiro do Man. Un. conseguido em situação irregular, árbitro turco mal auxiliado, confirmação do ascendente benfiquista mais adiante.
    Uma vez mais, Pablo Aimar diz-nos que é fácil jogar futebol. Quando se sabe e quer.
    Mas Artur e Witsel estiveram igualmente em plano de destaque. E Rodrigo podia ter marcado mais um golo. Ficava-lhe tão bem...

    Para hoje, a sensação que tenho é de que o FC Porto sentirá uma dificuldade enorme diante do FC Shakhtar Donetsk.
    Vamos esperar para ver.

    ResponderEliminar
  7. Ricardo,
    O Manchester deu por garantida a passagem.
    Mais, o primeiro lugar no grupo.
    Já perceberam que não vai ser assim.
    O Benfica vai ficar com o primeiro lugar, mesmo com o JJ a dar oportunidades a jogadores menos utilizados.
    E o Manchester vai ter que suar em Basileia.
    Sir Alex tem que mexer naquela equipa em Janeiro.
    A máquina não está a funcionar bem.
    Aquele abraço

    António,
    Aimar, quando tem um jogador com habilidade e mobilidade lá à frente (agora Rodrigo, antes Saviola) rende muito mais.
    Artur é o guarda-redes que o Benfica precisa.
    Calmo, confiante, experiente, sem falhas.
    E transmite tudo isso aos colegas.
    Witsel, uma das grandes revelações desta época.
    Um digno sucessor de Ramires.

    O jogo de hoje.
    Com o Porto a jogar mal, com aquele discurso enfadonho do VP, com o frio, a neve, mais a pressão de ter que ganhar.....tem tudo para dar asneira.
    Oxalá me engane.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  8. Se não fosse aquele erro de arbitragem, teria o Benfica ganho? E seria justo?

    ResponderEliminar
  9. Coimbramigo

    Eu SEMPRE disse (e quem tentar dizer que não é mentiroso com todos os dentes da boca, incluindo os arrancados): o VP não é um VP, é um VIP. Grande treinador, grande estratega, grande intuição, grande condutor (de ligeiros, pesados e motos com side-car ) de homens, fabulástico!

    Nunca me enganei: temos treinador e que deus-nosso-senhor-jesus-cristo-filho do-pai-e-da-mãe-e-do-banco-espírito-santo o conserve por muitos anos e bons!

    Abç

    PS - E, 'da-se, fui o primeiro a comentar a brilhantíssima vitória frente a uma equipa u-craniana que nem à Taça Europa aspirava. Viva!

    ResponderEliminar
  10. FireHead,
    E você a dar-lhe com as arbitragens e o "se"!
    O Benfica não mereceu ganhar o jogo e você sabe isso muito bem.
    E "se" não fosse aquele erro de arbitragem, o Manchester até podia vir com tudo e dar pancada no Benfica.
    Mas isto não vive de "ses".
    Vive de factos.
    Factos - empate, que é muito bom, e apuramento, que é excelente.

    Adélia,
    Vai daqui um grande beijo de um portista :))

    FerreirAmigo,
    O VP conseguiu sobreviver.
    Por quanto tempo?
    Essa já não sei.
    Correu tudo bem.
    Há dias assim...

    O que me deixa doido, mais improvável que o porco a andar de bicicleta no circo, é o "há pó L" no primeiro lugar do grupo.
    Porque não uma equipa de emigrantes no Luxemburgo na final da Liga Europa??
    Aquele abraço

    ResponderEliminar