2 de agosto de 2018

Polícias e fiscais à paisana não vão poder multar taxistas infractores?


Atrás dos tempos vêm tempos e outros tempos hão-de vir, cantava Fausto.
Nada de mais verdadeiro, nada de mais real.
Terá sido há mais de vinte e dois anos que me alertaram para o politicamente incorrecto que era mencionar as especificidades de Macau.
No entanto, por mais que tente, parece que sou forçado a constantemente ir buscar essas tais especificidades.
Umas mais específicas que outras, mais iguais que outras, como nos ensinou George Orwell.
Será complicado encontrar especificidade mais específica que esta bizarria de não permitir que polícias e fiscais à paisana, ou/e fora do horário de trabalho, autuem taxistas por maior que seja a infracção que estes cometam.
Não devia ser ao contrário?
Não deviam ser os polícias e os fiscais à paisana uma arma eficaz no combate à selva que é o sector do transporte em táxis em Macau?
Não é assim um pouco por toda a parte, a começar e acabar no interior da própria China?
Não percebo, vão ter que me explicar muito devagarinho, se calhar até com desenhos, esta opção política e legislativa.
E se calhar vão ter que explicar no futuro aos que interpretam e aplicam a lei a ratio legis da mesma.
É que, convenhamos, não é mesmo nada fácil perceber.

36 comentários:

  1. Os polícias e os fiscais necessitam de descansar! Que multem os que estão de serviço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas mesmo os que estão de serviço, se não estiverem fardados, não podem multar, Catarina.
      Estão a gozar connosco???

      Eliminar
  2. Pedro,
    O mundo vive tempos de ponta cabeça.
    Nós seguimos tontos com tudo isso.
    Será que estamos ainda vivendo o Surrealismo
    ou o já esta nos tal Pós Modernismo?
    Aff sei não.
    Bjins
    CatiahoAlc,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou mais directo, CatiahoAlc. - está tudo doido!!
      Bjins

      Eliminar
  3. Bom parece que a originalidade política acampou em Macau.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não era preciso serem TÃO originais, Elvira Carvalho.
      Isto é pactuar com todo o tipo de falcatruas que os taxistas diariamente praticam.
      Abraço

      Eliminar
  4. Pelos vistos o taxistas podem tudo por aí...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É essa efectivamente a sensação que se tem, Isabel Sá :(

      Eliminar
  5. Bom dia
    há realmente leis que se fazem que não se sabe qual é o seu sentido , e com que fundamento são feitas .
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não creio que quem faz isto não saiba o que está a fazer, Joaquim Rosário.
      Sabe, sabe muito bem, e é isto mesmo que quer.

      Eliminar
  6. Infelizmente estes senhores são uma "cooperativa" muito forte o que lhes permite fazer quase o que querem.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Têm um poder incrível, Francisco.
      Não são os taxistas, é quem está por trás deles, os verdadeiros donos dos alvarás.
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. PORQUÊ? O crachá perde o valor? Há leis no mundo que não dão para entender.

    O meu abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é que não dão mesmo, António Querido.
      Por muita boa vontade que tenhamos.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. O que se passa é um absurdo, Pedro.
    Há quem faça o contrário ou seja, incentivar as autoridades à paisana a fazer o mesmo que os fardados. O que me parece perfeitamente adequado.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que faz sentido e é feito um pouco por toda a parte, António.
      No interior da China e em Hong Kong, para não ir mais longe.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Mais um lobby, é o que é...

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com uma força tremenda, João Menéres :(
      Aquele abraço

      Eliminar
  10. Me parece que em todo o mundo tudo estão a fazer o que bem querem, o errado inclusive, e não o que manda a Lei! Vai entender tal procediemnto!!
    Bom dia amigo Pedro!
    Abraço de Paz!

    ResponderEliminar
  11. Sinceramente, não entendo que protecção é essa a uma classe profissional tão pouco desejável...

    ResponderEliminar
  12. Não sei se ainda é assim, Pedro, mas há pouco tempo, por cá, os polícias à paisana não podiam multar ninguém. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas, pelo menos no caso destes meliantes, devia ser ao contrário, Carlos.
      Fazem isso na China, na Malásia, em Hong Kong, em Singapura.
      E os taxistas são uns anjinhos se comparados com estes.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Se calhar também é assim por aqui...
    Mas é muito estranho, isso é.
    Caro Pedro, bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bizarro, Jaime Portela, é bizarro.
      Sobretudo quando se trata de uma classe capaz de todos os desmandos.
      Aquele abraço, bfds

      Eliminar
  14. Talvez o problema esteja na escassez de fardas.
    Já nada me espanta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é mais o poder de quem é proprietário dos alvarás, Magui...

      Eliminar
  15. Mas se um polícia presenciar um acto ilícito, não estando fardado é como se fosse um cidadão comum...deve chamar a 'autoridade', Pedro!:)
    Vai ver é esta a óptica porque se regem as leis policiais.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto chama e não chama acha que o taxista fica à espera??
      Se for preciso ainda bate no polícia, Janita.
      Isto é gozar o pagode.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Uma classe com algum poder e com amigos na assembleia legislativa
    Abraço

    Hoje em Caminhos Percorridos - Cuidado com a Periquita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito poder e muitos amigos em todo o lado, Kique.
      Essa é que é a verdadeira questão.
      Aquele abraço

      Eliminar
  17. Pedro, ai Pedro!...
    E o poder do dinheiro? E essa maldição que tudo permite?!
    Acreditas que já nada me espanta? Perdi, completamente, essa capacidade.:(

    Bom Domingo e boa semana.
    Beijinho, Família.

    ResponderEliminar
  18. Pelo que vou acompanhando dos teus relatos, o lobby dos taxis em Macau é muito forte!

    ResponderEliminar