10 de novembro de 2014

CONTRACEPTIVO ALENTEJANO


Uma alentejana, de passagem por Lisboa, vai à cabeleireira, onde estão várias mulheres, muito mais sofisticadas.
Enquanto esperam que os cabelos sequem, falam sobre os diversos processos que usam para evitarem a gravidez:
- Eu tomo a pílula!
- Ai, eu uso um DIU.
- Eu não me dou com isso - o meu marido usa camisa!
Uma delas pergunta à alentejana:
- E a senhora, o que é que usa?
- Ora, como ê e o mê maride semos pobres, a gente usa o baldi!
- O balde?!
- Como disse?
- O balde? É algum método novo?
- Bem, como vocemecês vêem, ê cá sou alta, mas o mê Manele é uma fraca figura! (expressão idiomática. Leia-se: bastante mais baixo). E com ê sou desembaraçada e na gosto cá de pesos, fazemes sexo de pê. Por isso ele sobe pra cima dum baldi e... quando ele começa a fazê caretas e a dezer estupidezes, ê dou um puntapê no baldi!

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Aposto que este método não conhecia, Gábi :))

      Eliminar
  2. Por isso a taxa de natalidade é tão baixa no Alentejo!!!

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Se o balde é tirado no momento do clímax, em pé, e ele é mais baixo que ela, o que é que acha que acontece, ematejoca??

      Eliminar
  4. Coitado do Manele ! :((( ... e método infalivel, Pedro ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  5. Boa táctica!!! Nada como a esperteza e desenrascanço da mulher alentejana, sem fricotes. eheheh

    Melhor, ainda, era ser ela a fazer primeiro as caretas...depois o pontapé...:))

    Com esta ri a valer!

    Boa semana, Pedro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora digam lá que os compadres não têm imaginação, Janita!!! :)))

      Eliminar
  6. Eheheheheh. Coitado do Manele. Deve apanhar cada bate c*.
    Um abraço

    ResponderEliminar