26 de novembro de 2014

Arrumar a casa, fechar as portas e dar lugar a novos inquilinos


O Executivo de Macau está nitidamente em fase de arrumações de fim de ciclo para temporariamente fechar as portas e dar lugar a novos inquilinos.
Ver, nos tempos mais recentes, os detentores de altos cargos políticos e administrativos esquivar-se a responder a questões mais complexas, e delegar essa tarefa em funcionários sem capacidade nem talento para tal, tem sido absolutamente penoso.
Esta fase de indefinição, de um Executivo que se prepara para sair em bloco para dar lugar a um outro novinho em folha, está a arrastar-se há demasiado tempo.
Ou há muito trabalho nos bastidores, e os actuais secretários estão a pôr os seus sucessores ao corrente de todos os dossiers, ou se anda a perder precioso tempo em montagens de uma ópera bufa de péssima qualidade.
Mas, ainda que haja esse trabalho de bastidores, fica por explicar a utilidade de constantes interpelações que invariavelmente não merecem resposta minimamente esclarecedora.
O novo Executivo tomará posse dentro de menos de um mês (20 de Dezembro).
Até lá, não será preferível parar para reflexão e arrumações em vez de fingir que se está a trabalhar?

12 comentários:

  1. Por cá deveria acontecer o mesmo, porém, a alternativa ao actual Governo não se afigura brilhante.
    Aquele abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos para ver no que é que vão dar as mudanças por aqui, Ricardo....
      Como é que está a Clarinha?
      Aquele abraço

      Eliminar
  2. Como seria bom se estivéssemos por aqui na mesma onda!

    Abraço

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não deve demorar muito, Rosa dos Ventos....
      Abraço

      Eliminar
  3. ~ ~ Uma sugestão muito sensata. ~ ~

    ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é mais uma que vai cair em saco roto, Majo
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Oh, meu Deus, mas a classe política clonou-se e se espalhou pelos quatro cantos do Mundo??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes dá essa impressão, São
      Deve ser uma cartilha comum.

      Eliminar
  5. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Infelizmente arruma, arruma, e desarruma e nada muda.
    Caloroso abraço! Saudações imutáveis.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vão mudando as moscas, Amigo João Paulo de Oliveira
      Grande abraço

      Eliminar