25 de abril de 2011

É preciso que se saiba

É preciso que se saiba
 
"... os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro,
 
mas os nossos gestores recebem, em média:



- mais 32% do que os americanos;
 
- mais 22,5% do que os franceses;
 
- mais 55 % do que os finlandeses;
 
- mais 56,5% do que os suecos"
(dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/09)

E são estas "inteligências" (?????) que chamam a nossa atenção afirmando:
 
"os portugueses gastam acima das suas possibilidades".

8 comentários:

  1. E desde quando há essa disparidade de vencimentos? Desde sempre... e porquê? Por que permitem (os eleitores) que a situação se mantenha mandatos após mandatos?

    ResponderEliminar
  2. Nao necessito de explicar o pontinho, pois nao?! : )

    ResponderEliminar
  3. Não é necessário, Catarina.
    Entende-se perfeitamente.

    ResponderEliminar
  4. Os cérebros alentejanos ganham menos, reclamam mas nada, esses tipos cheios de massas, estão maribando-se para as criticas, querem sim, ter contas bancárias, churudas na Suiça ou em investimentos OFFshore, é assim depois do 25 de Abril, o resto é só conversa.

    ResponderEliminar
  5. Amigo Cambeta,
    Particularmente nesta altura, em que tantos passam por tão grandes dificuldades, estas remunerações são pecaminosas.

    ResponderEliminar
  6. Uma situação escabrosa que se arrasta há muito tempo e a quem ninguém parece interessar resolver.
    Uma vergonha!
    Os nossos gestores é que ganham muito acima das suas necessidades!

    ResponderEliminar
  7. Nem mais caro Observador.
    É ofensivo pela disparidade que representa para com o resto da população.
    E isso é que é revoltante.

    ResponderEliminar