12 de outubro de 2011

Como é que se diz ganda melão em dinamarquês? E ganda cagada?

"Portugal não aprende com os erros e voltou a demonstrá-lo em Copenhaga. A selecção lusa perdeu com a Dinamarca e ganhou um lugar na repescagem, onde já esteve antes do último Mundial. [...] Cristiano e companhia não estão à altura quando o seu país necessita"

MARCA.com


Tenho que confessar que me chateia um bocado concordar com o que escrevem "nuestros hermanos".
Mas, neste caso específico, como é que posso não concordar?
O que se passou ontem em Copenhaga foi mau demais.
E, reconheça-se, não foi a primeira vez que sucedeu.
A selecção portuguesa, a necessitar apenas de um empate para se qualificar automaticamente para a fase final do Europeu, sem a pressão do resultado porque até poderia perder e ser apurada automaticamente, foi a Copenhaga passear.
Sim, que aquilo não é jogar à bola.
Não houve equipa, as individualidades pouco funcionaram, o melhor jogador português foi Rui Patrício, a selecção portuguesa conseguiu o impensável - perder o jogo e ter que se sujeitar agora a um play-off, ao mata/mata, para poder estar na fase final do Europeu.
A jogar contra uma equipa que joga simples, de forma rectilínea, os jogadores portugueses não souberam ter bola.
E, nas poucas vezes que a tinham, não souberam exactamente o que fazer com ela.
Para piorar, os indícios que tinham ficado no jogo com a Islândia, confirmaram-se ontem - esta defesa não funciona, treme, assusta, não transmite confiança, faz abanar a equipa e sofre golos estúpidos.
Foram cinco em dois jogos.
Podiam ter sido mais se Rui Patrício não tivesse estado em grande em ambos.
Como o que está (muito) mau pode sempre piorar, a Suécia ganhou à Holanda (3-2) e conseguiu o quase impensável - apurar-se directamente, num cenário em que tinha oito hipóteses em nove de ser eliminada.
Pensar nos males dos outros também dá mau resultado, não é??
Como escreve a MARCA, quando Portugal realmente precisa da selecção, a equipa ausenta-se. 
Esperemos que esta tendência não se repita em Novembro.
Porque, se se repetir, um destes possíveis adversários no play-off  vai estar no Europeu.
E os portugueses, no sofá, a olhar para a  televisão.
Que ganda melão!!
E que ganda cagada!!!


8 comentários:

  1. Pedro, por onde quer que comece? Pela cagada ou pelo melão?

    Bom, vou começar pela cagada tem nome, ou melhor, nomes, a saber:

    João Pereira (um marreco a defender "gajos" de 1.85m para cima)

    Rolando (aquele desvio de cabeça no 1º golo é para a frente não para o lado)

    "Bruto" Alves (um tipo que joga com os "cornos" virados para o chão perde visão de jogo)

    Meio-campo:

    Martins (está explicada a razão porque não era titular do SL e Benfica há largos meses)

    Meireles (por favor, deixem este homem descansar, está nitidamente ...ESGOTADO!)

    Moutinho (outro pigmeu no meio dos gigantes dinamarqueses!)

    Ataque:

    Postiga (que tal uma oportunidade ao Nelson Oliveira ou, digo eu, ao João Tomás)

    Nani (não esteve em Copenhaga)

    C.Ronaldo (apenas, e só, marcou o golo)


    Paulo Bento (a dormir no banco!)


    Salvos da cagada:

    Rui Patrício (mais uma fabulosa exibição)

    Eliseu (discreto, mas certinho)

    Todos os suplentes não utilizado (precisamente por isso mesmo)

    Agora, vamos ao melão:

    Em dinamarquês diz-se Paulo Bento!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Ricardo,
    Está mesmo forte!!
    Imagine a malta de Macau, que se levantou às 3 da matina para ver aquela m@#$%....

    O Rolando, nestes dois jogos, foi um ponta-de-lança do caraças!!
    Se é verdade que os italianos andavam loucos por ele, deve-lhes ter passado a loucura.

    Vamos ver o que é que vai dar o mata/mata.
    Se for para jogar com a mesma atitude destes dois jogos é melhor ficar em casa.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Cagada ou melão vão dar ao mesmo, neste caso.

    Já não consigo fingir. Mais, acrescento.
    Os valores nacionais - desportivos - estão a caminhar para o abismo.
    Escrevi "desportivos" porque dos outros estamos conversados, há muito.

    E que tal fazermos esta pergunta? Por que motivo Paulo Bento convocou um jogador (Sílvio) que surge com uma pubalgia?
    Sabia, ou não, já não digo nada, que jogador com pubalgia não pode jogar. Sob dois riscos: não render, porque não pode, e agravar o problema.
    Paulo Bento disse que o Departamento Médico da selecção garantiu que Sílvio estaria bom em dois dias.
    Assim, Paulo Bento deveria ter prescindido do jogador e tinha ainda a possibilidade de chamar outro jogador.
    Não o fez, sabe Madaíl porquê.

    E o Departamento Médico? Faz uma coisa destas? Que raio de médico é Henrique Jones para fazer um diagnóstico assim?

    Caímos, então, no velho hábito lusitano.
    Ninguém é culpado, ninguém assume responsabilidades bem como ninguém as pede.

    Portugal uma potência do futebol mundial?
    Não brinquem connosco!

    ResponderEliminar
  4. Observador,
    Gostava de ter as respostas para essas perguntas.
    E gostava de discordar do que escreve.
    Infelizmente, nem tenho as respostas, nem posso discordar.
    Vamos ver o que acontece no mata/mata.
    Mas partimos desconfiados.
    Disso ninguém tem dúvidas.

    ResponderEliminar
  5. Ontem de volta a Portalegre, a jantar um belo leitão na Bairrada, e ao ver aquela desgraça, ficou-me atravessada a costela do dito na garganta.
    Que grande decepção!!!
    O que me consolou foi a magnífica lua cheia que estava e ma acompanhou até chegar a casa.
    Com tanta vedeta da M@£§€, nem merecem que ainda percamos o nosso tempo a vê-los fazer o quê, jogar à bola???!!! Ah , mas eles jogam à bola??? não sabia..

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Comportaram-se como verdadeiros tugas. Em vez e fazerem o seu trabalho, ficaram à espera que a Holanda não perdesse com a Suécia. Tramaram-se e foi bem feito.

    ResponderEliminar
  7. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Estive a ver ontem, através da TDM o jogo Dinamarca vs Portugal e defacto foi uma LORT (merda) em dinamarquês, e um ganda MELON.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  8. Carlota,
    Uma noite, como muitas outras, em que a equipa, e as vedetas, não estiveram lá.
    Que melão!!!
    Bjs

    Carlos
    A Suécia tinha oito em nove combinações de resultados possíveis para ficar fora.
    E aproveitou a única possível para se apurar.
    Nós conseguimos precisamente o oposto.
    Com o mal dos outros.....

    Amigo Cambeta,
    UMA GRANDE LORT diria eu!!!
    Abraço amigo

    ResponderEliminar