24 de janeiro de 2018

Cimeira de Davos 2018



Por estes dias, no cenário bucólico dos Alpes suíços, reúnem-se os mais poderosos do Planeta para discutir precisamente o futuro do Planeta.
Este ano com uma grande novidade – a presença do presidente norte-americano.
Donald Trump, o mais proteccionista dos presidentes americanos mais recentes (“America first, America first”), marca presença na cimeira do Fórum Económico Mundial, algo que não acontecia desde a era Bill Clinton, há já longos 18 anos.
Numa Cimeira que deve o seu motto (“Um Futuro Partilhado Num Mundo Fracturado”) precisamente a uma tentativa de reacção aos ventos proteccionistas que sopram de Washington, não deixa de ser irónico ver o principal responsável por esta realidade quebrar com a actuação de George W. Bush e Barack Obama e marcar presença no principal palco político da globalização.
Irónico mas simultaneamente facilmente compreensível.
Donald Trump gosta das luzes da ribalta, gosta de aparecer, de ser visto, fotografado, gosta do show off.
E será muito isso que se pode prever venha a acontecer em Davos.
Especialmente no confronto cada vez mais assumido entre o liberalismo da União Europeia e o proteccionismo dos Estados Unidos.
Cabotino, Donald Trump não poderia deixar de estar presente em Davos.
Não tanto para discutir políticas (para isso estarão lá os seus assessores) mas para se mostrar, para se exibir, para marcar o contraste com os seus antecessores.

29 comentários:

  1. Hoje noticiaram que primeira dama afinal não vai acompanhar o marido devido, parece, a outros compromissos já agendados! Seriously?! Why don't I believe that?! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que é agora que ela consegue fugir, Catarina???
      You go, girl!!! :)))

      Eliminar
  2. Algo me diz que este Trump não vai muito longe :))

    Hoje:- Degustação em universo sagaz
    -
    Bjos
    Votos de uma feliz Quarta-Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera que assim fosse, Larissa Santos.
      Mas não acredito.
      O tipo está bem protegido, tem muita gente que o segue caninamente.
      Bjs

      Eliminar
  3. Mudou de ideias porque a mãe natureza o faz começar a tremer, se não for assim pagam os que menos poluem pelos gananciosos que só pensam em dinheiro e mulheres.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele tinha que se ir mostrar, António Querido.
      O Trump alguma vez ficaria fora de um espectáculo destes?
      Nem pensar!
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. O "The Guardian" tem um artigo muito interessante sobre a presença de Trump em Davos, Pedro. Deixo aqui o link: https://www.theguardian.com/business/2018/jan/20/trump-headlines-davos-whatever-he-says-nafta

    Aquele abraço, meu caro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ler porque é um tema que me desperta grande curiosidade, Ricardo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Será um marco ímpar na história mundial.
    AbraçO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trump está apostado em aparecer e em marcar a diferença face aos seus antecessores, Nidja Andrade.
      Nada mais que isso.
      Abraço

      Eliminar
  6. Pior que uma praga de gafanhotos, Trump !!!

    ResponderEliminar
  7. Não posso com esse homem Pedro. Mas é o que lá tá e teremos que o aturar. C'horror, às vezes apetecia me dar lhe uma facada :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que custa mais a crer é que, apesar de ter a taxa de aprovação mais baixa desde que há registos nos Estados Unidos, ainda haja tanta gente que siga este cretino, Mena Almeida.

      Eliminar
  8. Pavão que é pavão mostra as suas penas...cabeleira
    Abraço
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gente é que dispensava, Kique.
      Thanks, but no thanks

      Eliminar
  9. Estou de acordo consigo. Ele vai ão por ter mudado de ideia, mas para se mostrar
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o Trump, Elvira Carvalho, sempre a celebridade televisiva acima de tudo.
      Abraço

      Eliminar
  10. Este ano, com a presença de Trump, Davos tem todas as condições para ser uma palhaçada.

    ResponderEliminar
  11. Show biz pro show man.
    Antes de sair pra Davos assinou impostos de import acao de 40 por cento para lavadoras da China e Koreia por subsidios ilegais determinados tribunal WTO .
    Sancoes a companhias chinesas por violar comercio com Korea Norte, em violacao resolucao da UN.
    O Pres. Trump quase nao pode ir porque o congresso fechou todo o dinheiro pro governo por cuasa da imigracao ILEGAL . Agora tem MAIS tres semanas.
    Boa semana, dao Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Augie Cardoso,
      Mais uma demonstração do the show must go on que é a presidência de Trump.
      Ainda que para isso se violem acordos comerciais, se irritem os parceiros e adversários políticos dos Estados Unidos, se faça o que dá na cabeça ao idiota sem medir as consequências dos seus actos.
      Bom resto de semana

      Eliminar
  12. Pois é Pedro e assim
    segue a humanidade como
    diz a cancao do músico
    brasileiro Lulu Santos.
    Uns querem o melhor e
    para tal trabalham
    e ja outros atrapalham
    para aparecer.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é a política à manda de Trump, CatiahoAlc.
      E, como pode ver no comentário a seguir, continua a ter uma legião de indefectíveis.
      Bjs

      Eliminar
  13. Trump, cabotino? O Pedro Coimbra só pode estar a confundir o Presidente dos EUA com o demagogo Obama, ou com o comunista Bergoglio!... Esses sim, são dois palhaços e lacaios desavergonhados do grande circo globalista: um já não é presidente e insiste em mandar postas de pescada, o outro manda os europeus acolher "refugiados" enquanto milhares de cristãos são assassinados no Médio Oriente!

    O Lula também era um "líder sério, justo, visionário e ponderado"... veja-se onde ele está agora! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Afonso de Portugal,
      Você usa óculos??
      Mude de lentes, porra!!
      Não há traseiro que aguente!

      Eliminar