17 de setembro de 2011

Portista mas não "pintodacostista"


A resposta a um comentário deixado por um querido amigo (um abraço FerreirAmigo!!), inspirou este post.
Comentava que sou portista, mas não sou "pintodacostista".
A associação dos adeptos do Futebol Clube do Porto à figura de Pinto de Costa é recorrente.
Mas está longe de corresponder à realidade.
Muitos portistas, nos quais me incluo, não se revêm minimamente na figura de Pinto da Costa e naquilo que ele representa.
É inegável que Pinto da Costa marcou o dirigismo no futebol.
E não só em Portugal.
Mas marcou-o nas vertentes positiva e negativa.
Não reconhecer o talento de Pinto da Costa como negociador hábil, como dirigente astuto e arguto, como vencedor, é pura cegueira.
O problema é que, lado a lado com estas qualidades, convivem imensos defeitos.
Alguns insuportáveis.
O regionalismo bacoco (com o tempo passou a ser uma arma), as negociatas, as falcatruas, o desrespeito pelos adversários, a arruaça, a piada de mau gosto.
Tudo isso é profundamente irritante.
Mesmo para muitos portistas.
Mas Pinto da Costa, sendo o símbolo deste tipo de dirigismo, ao qual falta em seriedade o que sobra em parolice, está muito bem acompanhado.
Como escrevia aqui há dias Luís Sobral no "maisfutebol", também eu gosto muito de bons dirigentes de clubes de futebol.
O problema é nunca ter conhecido nenhum!
E essa vertente é, também ela, bastante irritante.
Pinto da Costa visto como origem e fim de todos os males no futebol.
Os restantes vistos apenas como vítimas inocentes da perfídia do presidente do Futebol Clube do Porto.
Quem quiser continuar a pensar assim.....
Tive esperanças que a chamada "geração de ouro" do futebol português abraçasse o dirigismo e contribuisse para a sua regeneração (Vítor Baía no Porto, Rui Costa no Benfica, Figo no Sporting,...).
Há muito que abandonei essa ilusão.
Os caciques que dominam o futebol português não deixam que estes jogadores assumam um papel dirigente nos clubes.
Esse é que é, muito provavelmente, o tal sistema de que falava Dias da Cunha.
Não é Pinto da Costa.
Este é só a face mais visível.
Porque mais barulhento.
Mas não o isolem como o mau.
Porque está muito bem acompanhado.
E não confundam os portistas com "pintodacostistas".
São realidades bem diferentes, acreditem.

12 comentários:

  1. Este comentário faz-me lembrar que há um comentador supostamente pelo Benfica que me irrita profundamente... Gostei do texto, e tem toda a razão, mais digo que sem encontrar os termos certos já me tinha apercebido que é Portista mas não "pintodacostista"* Um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Claro que sou portista ! Claro que admiro o Pinto da Costa embora reconheça nele o retrato que lhe é feito ! :))
    Não tenho qualquer dúvida que, se ele fosse sportinguista ou benfiquista e presidente de um desses clubes eles retirariam facilmente a supremacia ao F.C. Porto !
    Receio bem o dia em que ele tiver que deixar a presidência !
    .

    ResponderEliminar
  3. Catarina,
    Não gosto nada de algumas das atitudes dele.
    E não sou menos portista por causa disso.
    Bjs e bfds

    Rui,
    Se o Pinto da Costa se limitasse à faceta de dirigente....
    O pior é o que vem associado.
    Não receie que a "sucessão" dele já há muito vem sendo programada (era para ser o Teles Roxo, como ele muito recentemente afirmou).
    E o Porto vai contunar a ser grande mesmo sem ele.
    A estrutura é muito boa.
    Um abraço

    Anónimo,
    Então porque é que comentou??

    ResponderEliminar
  4. Apasar de ser uma concha azul...não nutro simpatias nem por um...nem por outro...vais-me perdoar, sim?
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Blue Shell,
    Claro que sim.
    Eu gosto do Porto.
    Já do Pinto da Costa, só às vezes.
    Na maioria, não.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Eu nunca fui à bola com o Pinto da Costa, o acho um mafioso.
    E sabe porque é que as galinhas não pôem ovos no mar?
    Nâo querem dar pintos à costa!....
    Abraço amigo
    Ps - o Porto este ano não é o mesmo e já começa a perder pontos, o atual treinador, pelos meus calculos, não chegará ao fim da época.
    Cambeta

    ResponderEliminar
  7. Amigo Cambeta,
    Se o Vítor Pereira continuar a inventar como inventou ontem não tem bom futuro.
    Os gajos do Porto ferevem em pouca água.
    O último que se pôs a inventar foi o Adriaanse.
    Partiram-lhe os vidros do carro à saída de um treino.
    Um abraço amigo

    ResponderEliminar
  8. Pedro

    Gostei do seu post, e eu como benfiquista não confundo a Instituição com quem, no momento actual, a dirige!

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. É isso que eu contesto, Ricardo - confundir o clube com quem o dirige.

    Há muitos portistas que, como eu, não se revêm nada no Pinto da Costa e nas atitudes dele.

    Um abraço

    ResponderEliminar