27 de setembro de 2011

Médicos (9)


- Doutor o que eu tenho é grave?
 
- Não se preocupe meu amigo. Qualquer dúvida vamos esclarecer na autópsia.

4 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Como dizem os chineses TÁ KÁ LAI SI.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Médico sádico, não é Amigo Cambeta?
    O de amanhã ainda é mais :)))
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Isso é anedota, más há uns dias estive com uma senhora que quando perguntou ao médico que a (des)tratou quando estaria curada, ele lhe disse, daqui a uns anitos, não muitos... Só faltou completar dizendo "quando levar umas pazadas de terra em cima"... Foi daqueles relatos, em que devemos dar força a uma pessoa e só nos apetece é chorar, e aí vão se buscar forças sabe-se lá onde...

    ResponderEliminar
  4. Catarina,
    Tendo amigos e familiares médicos vou-lhe dizer o que já lhes disse a eles e que me parece óbvio.
    Uma das primeiras condições para se ser um bom médico é ser-se dotado de uma sensibilidade apurada.
    Sem isso, por muito bons que sejam os conhecimentos teóricos, o tipo só pode ser um bom investigador.
    Nunca será um bom médico.
    Bjs

    ResponderEliminar