23 de janeiro de 2013

Como as crianças reagem a um prato vazio

De uma ternura indescritível.
A não perder!!

18 comentários:

  1. É mesmo, meu caro amigo. E há que dividir bem a comida. "Já agora, fico com a fatia maior". Eheheheh!
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se as crianças conhecem tão bem o conceito de partilhar, quando é que se perde essa noção, Luciano??

      Eliminar
  2. Esse vídeo é das coisas mais fabulosas que vi nos últimos tempos, é tão óbvia, natural e pura a tendência que as crianças têm para a partilha, pergunto-me o mesmo, quando será que se perde isso?

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso nao e, Poppy?
    Quando e que passamos deste prazer na partilha para o mais puro egoísmo e desrespeito?
    E porque?
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Que delícia, Pedro ! ... "isso" vai-se perdendo com o tempo e é pena !
    eheh... "eu parto e tu escolhes" rsrsrs ... delicioso !!!

    Abraço ! :)
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fenomenal, nao e, Rui?
      O poeta tinha razão - o melhor do mundo são mesmo as crianças.

      Eliminar
  5. Um vídeo que nos deixa com um sorriso de orelha a orelha!

    Obrigada pela partilha desta belíssima lição de...partilha, Pedro!:-))

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos tais vídeos que nao temos o direito de guardar só para nos, Janita.

      Eliminar
  6. Caro amigo Pedro Coimbra!
    É como sempre digo estamos sempre a aprender com os pequeninos!
    Caloroso abraço! Saudações partilhadas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. O problema é que parece que esquecemos depressa, caro Prof. João Paulo de Oliveira :(

      Eliminar
  7. Uma festa para elas. A plena fase da inocência.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Uma inocência que desaparece muito depressa, demasiado depressa, FireHead

      Eliminar
  8. Já conhecia, mas não pude deixar de esboçar novamente um largo sorriso

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. A noção de partilha, de justiça, que as crianças têm, comove, Gábi

      Eliminar
  10. Respostas

    1. E muito real, mor
      A inocência e a pureza de sentimentos das crianças.

      Eliminar