29 de março de 2012

O chouriço



Uma mulher entregou ao neto um frasco com urina para ele ir entregar a 
um consultório para análise. 

No caminho, o miúdo deixou cair o frasco
que se partiu, foi pedir ajuda a um amigo que lhe disse, anda ali comigo que eu tenho uma porca que está grávida, e nestas alturas as porcas fazem muito xixi, enchemos um frasco e levas que eles nem dão
por isso.

Alguns dias depois a mulher  foi à consulta para saber o resultado das análises, diz o médico: tenho más notícias para lhe dar.

-Senhor Doutor, não me diga que vou morrer?

-Não vai morrer mas a senhora está grávida.

-Mas senhor doutor, eu sou viúva há 10 anos, nunca mais tive ninguém como é que isso é possível?

-Mas a gravidez não é o mais grave, o mais grave é que a senhora vai ter 7 porcos.

Diz ela: Porra! Já nem se pode brincar com um chouriço.

5 comentários:

  1. Caro confrade Pedro CXoimbra!
    É como diz aquele ditado "Quem não tem cão caça com gato"!!!!
    Caloroso abraço! Saudações roliças!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  2. Caro Pedro
    Acho que o meu caro me obriga a mudar de hábitos. Vou passar a ligar o computador antes de sair de casa. Visitar o seu blog e depois vir trabalhar. Em vez de dar umas gargalhadas e aqui o meu pessoal achar que ando a ficar "passado" lá em casa só a Adélia é que se apercebe. Tem mais uma coisa: Em vez de chegar aqui de "trombas" acabo por vir mais bem disposto.
    Acho que a senhora devia andar com uma infecção urinária por causa do "colorau".
    Abraço e bom fim semana
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  3. Bem verdade, caro Prof. João Paulo de Oliveira! :)))

    Rodrigo,
    Não mude que são bons hábitos.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  4. Eu sempre disse que não se deve abusar dos enchidos...

    ResponderEliminar
  5. Carlos,
    O seu comentário não será superior à anedota?
    5 *****!!!

    ResponderEliminar